Publicidade

Correio Braziliense

Ministério do Trabalho: país pode gerar mais 2 milhões de empregos em 2018

Tal número dependerá do PIB brasileiro crescer 3,5% em 2018


postado em 27/12/2017 12:01

Ao longo de 2017, até novembro, foram gerados 299.635 postos de trabalho(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
Ao longo de 2017, até novembro, foram gerados 299.635 postos de trabalho (foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
 
Se o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil crescer 3% em 2018, como prevê o governo, o país gerará 1,78 milhão de novos postos de trabalho formais até o fim do ano que vem. Caso o crescimento seja ainda maior, de 3,5%, o saldo pode chegar a 2 milhões. As estimativas foram divulgadas nesta quarta-feira (27/12) pelo Ministério do Trabalho. 
 

Essa estimativa "será incrementada pelas contribuições que o ambiente da reforma trabalhista pode trazer para a geração de empregos", avaliou o coordenador-geral de Cadastro, Identificação Profissional e Estudos do ministério, Mário Magalhães. 

Alem dos efeitos da reforma trabalhista, o crescimento esperado leva em conta a liberalização da terceirização, que "deverá resultar em aumento da produtividade", segundo nota técnica divulgada pela pasta. Esses fatores devem contribuir para o crescimento do PIB, assim como a ampliação da taxa de investimento, a continuidade do aumento na capacidade de consumo e do controle da inflação, considera o ministério. 

Ao longo de 2017, até novembro, foram gerados 299.635 postos de trabalho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em novembro, o saldo foi negativo em 12.292 vagas

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade