Publicidade

Correio Braziliense

Petrobras faz acordo para pagar US$ 2,95 bilhões a investidores americanos

Segundo a Petrobras, o acordo permite não só encerrar a disputa jurídica nos EUA, mas tambm diminui o risco de um pagamento muito elevado se o caso fosse para julgamento


postado em 03/01/2018 09:45 / atualizado em 03/01/2018 11:51

Acordo judicial feito pela Petrobras envolve 2,95 bilhões de dólares (foto: Petrobras/Arquivo )
Acordo judicial feito pela Petrobras envolve 2,95 bilhões de dólares (foto: Petrobras/Arquivo )


A Petrobras fez um acordo para pagar US$ 2,95 bilhões aos investidores estrangeiros para encerrar ação coletiva que ocorre em Nova York. Se aceito, o pagamento será efetivado aos que compraram ações da empresa no mercado imobiliário americano. O anúncio foi feito na manhã desta quarta (3/1) pela estatal.

A petrolífera é acusada de enganar os acionistas enquanto ocorria o esquema de corrupção investigado pela Lava Jato. De acordo com os investidores, a empresa passava uma falsa imagem de boa governança. Houve forte desvalorização dos papéis da companhia quando o caso veio à tona. 
Segundo a Petrobras, o acordo permite não só encerrar a disputa jurídica nos EUA, mas tambm diminui o risco de um pagamento muito elevado se o caso fosse para julgamento.

A ação coletiva foi protocolada no final de 2014. O acordo precisa ser submetido à apreciação do juízo americano. “Este acordo elimina o risco de julgamento desfavorável que, conforme anteriormente reportado ao mercado no formulário anual arquivado na bolsa de valores americana, poderia causar efeitos materiais diversos à companhia e sua situação financeira”, informou a Petrobras em nota no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade