Publicidade

Correio Braziliense

Dyogo Oliveira assume presidência da Diretoria-Executiva do CAF

A participação do Brasil na carteira do CAF cresceu de 2016 para 2017, saindo de US$ 1,98 bilhões para US$ 2,12 bilhões, segundo o Ministério do Planejamento


postado em 13/03/2018 14:38

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, assumiu, na manhã desta terça-feira (13/3) a presidência da Diretoria-Executiva do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). É a primeira vez que o Brasil assume o cargo, que vai ser de responsabilidade do país durante um ano.

A cerimônia de posse ocorreu na Cidade do Panamá. “Nesse período (de mandato) teremos como prioridade fortalecer as ações do CAF no apoio ao desenvolvimento da infraestrutura dos países da região. Buscaremos, em especial, fortalecer o apoio a projetos que ampliem a integração econômica da região”, disse, em comunicado à imprensa.

A participação do Brasil na carteira do CAF cresceu de 2016 para 2017, saindo de US$ 1,98 bilhões para US$ 2,12 bilhões, segundo o Ministério do Planejamento. O Brasil está entre 18 países que receberam empréstimos do banco. 

“É importante notar que a CAF está ampliando importância como provedor de financiamento externo ao Brasil. Pelo desembolsos realizados em 2017, CAF já ultrapassou o BID e Banco Mundial e, em termos de aprovação de novos projetos, está em patamar muito próximo”, apontou Dyogo Oliveira. 
A próxima reunião do CAF ocorre em julho, em Madri, capital da Espanha.


Contas

Os membros do CAF também aprovaram as contas de 2017. Os desembolsos da instituição internacional chegou a US$ 10,2 bilhões, resultado maior que os US$ 9,6 bilhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em 2016.

De acordo com o balanço do banco, o CAF aceitou US$ 12,2 bilhões em programas e projetos, sendo US$ 6,43 bilhões em empréstimos com garantia Soberana. Para o Brasil, serão US$ 1,25 bilhões em projetos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade