Publicidade

Correio Braziliense

Superavit comercial da balança em abril soma US$ 6,1 bilhões

Volume encolhe 11,8% em comparação com o mesmo mês de 2017, mas resultado é o segundo melhor da história, conforme dados do Mdic


postado em 02/05/2018 15:12

A balança comercial brasileira registrou um superavit de US$ 6,1 bilhões em abril. Esse dado foi 11,8% menor do que o registrado em abril de 2017, mas foi o segundo melhor resultado para o mês da história, conforme dados divulgados nesta quarta-feira (2/05) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).  Em abril do ano passado, a diferença entre as exportações e as importações ficou positiva em US$ 6,9 bilhões. Foi o melhor dado desde o início da série histórica da pasta, iniciada em 1989.

Os embarques somaram US$ 19,9 bilhões no mês passado, registrando queda de 3,4% sobre o volume médio diário de US$ 982,2 milhões no mesmo intervalo de 2017. Já os desembarques cresceram 10,3% na mesma base de comparação, para US$ 13,8 bilhões, com média diária de US$ 595,4 milhões.

No acumulado do ano, o saldo da balança totalizou US$ 20,1 bilhões. As exportações cresceram 7,7%, para US$ 74,3 bilhões. Enquanto isso, as importações avançaram 14,5%, para US$ 54,2 bilhões.

A China continuou sendo o maior destino das exportações brasileiras, comprando US$ 18,4 bilhões entre janeiro e abril. Esse volume representa 24,8% do total embarcado pelo país. A União Europeia foi o segundo maior importador de produtos nacionais, respondendo por 19,5% do total embarcado, para US$ 14,5 bilhões. Os Estados Unidos, em terceiro lugar do ranking, respondeu por US$ 8,6 bilhões das exportações, ou seja, 11,8%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade