Publicidade

Correio Braziliense

BC amplia em US$ 10 bi oferta de swaps cambiais para segurar alta do dólar

Nesta quinta-feira (14/6), o dólar subiu 2,67%, cotado a R$ 3,813, mesmo com o BC ofertando R$ 5 bilhões (dos R$ 24,5 bilhões) no dia.


postado em 14/06/2018 19:12 / atualizado em 14/06/2018 19:21

De acordo com a autoridade monetária, o montante de US$ 10 bilhões em contratos de swaps na próxima semana pode ser ajustado dependendo das condições de mercado.(foto: Fernanda Caravalho/Fotos Públicas)
De acordo com a autoridade monetária, o montante de US$ 10 bilhões em contratos de swaps na próxima semana pode ser ajustado dependendo das condições de mercado. (foto: Fernanda Caravalho/Fotos Públicas)

Depois da disparada do dólar, o Banco Central vai ofertar US$ 10 bilhões adicionais em swaps cambiais na próxima semana. O montante se junta ao total de US$ 24,5 bilhões que serão vendidos até esta sexta-feira (15/6). O volume começou a ser posto ao mercado no dia 8 de junho.

“O BC continuará acompanhando as condições de mercado de câmbio e atuando para prover liquidez e contribuir para seu bom funcionamento”, disse o comunicado do BC. Da mesma forma, o BC e o Tesouro Nacional continuarão a atuar de forma coordenada no mercado de juros para prover liquidez e contribuir para seu bom funcionamento”, completou.

Leia mais notícias de Economia

Nesta quinta-feira (14/6), o dólar subiu 2,67%, cotado a R$ 3,813, mesmo com o BC ofertando R$ 5 bilhões (dos R$ 24,5 bilhões) no dia. A venda de swaps ameniza a desvalorização do real.

De acordo com a autoridade monetária, o montante de US$ 10 bilhões em contratos de swaps na próxima semana pode ser ajustado dependendo das condições de mercado. “O Banco Central reafirma que não vê restrições para que o estoque de swaps cambiais exceda consideravelmente os volumes máximos atingidos no passado”, destacou a nota.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade