Publicidade

Correio Braziliense

Estamos na iminência de descumprir regra de ouro, diz ministro

Colnago elogiou a emenda que estabeleceu um teto para os gastos, e que com o limite, o País terá que repensar seus gastos


postado em 29/06/2018 17:02

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago(foto: José Cruz/Agência Brasil)
O ministro do Planejamento, Esteves Colnago (foto: José Cruz/Agência Brasil)

 
O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, disse nesta sexta-feira, 29/6, que o País está na iminência de descumprir a Regra de Ouro e que ela deve ser rediscutida. Em cerimônia na Secretaria de Orçamento Federal (SOF), ele criticou a redação da regra, que disse ser mal feita e trazer muitas dúvidas. "Isso nos coloca várias dificuldades", afirmou. 


O ministro disse ainda que, com o teto, o Orçamento voltou a ter um papel muito importante. "É no orçamento que vai se discutir as prioridades de gastos", completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade