Publicidade

Correio Braziliense

Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada em junho, diz Caged

Dados foram divulgados nesta sexta-feira (20/7) pelo Ministério do Trabalho; resultado é o pior desde 2003


postado em 20/07/2018 16:33 / atualizado em 20/07/2018 17:01

(foto: Fernando Lopes/CB/DA Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/DA Press)
 O Brasil fechou o mês de junho com 661 vagas a menos no mercado de trabalho. O número diz respeito aos empregos com carteira assinada, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Ao todo, foram 1.167.531 contratações contra 1.168.192 demissões no mês. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (20/7) pelo Ministério do Trabalho.

Em contrapartida, maio terminou com 33.659 novas vagas abertas. Esse é o primeiro resultado negativo no ano, o pior desde 2003, o início da série histórica. A última queda no emprego havia sido registrada em dezembro de 2017, quando foram fechadas 339.625 vagas formais.

Em todo o ano de 2017, o Brasil registrou 20.832 postos de trabalho formais fechados. Aquele foi o terceiro ano seguido com mais demissões do que contratações no país, apesar do início da recuperação econômica e da vigência das novas leis trabalhistas. Apesar dos números negativos, o resultado, de 2017, foi melhor do que os obtidos nos dois anos anteriores. Em 2016, por exemplo, o país fechou 1.326.558 vagas, e em 2015, 1.534.989. Entre 2015 e 2017, o país acabou com um total de 2,88 milhões de postos de trabalho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade