Publicidade

Correio Braziliense

DF tem 2.576 vagas abertas para quem procura emprego; saiba onde

Cenário não é bom mas, segundo especialistas, a capital é uma exceção. Vagas são de carteira assinada em diversas áreas. Grupo Pão de Açúcar e Outback estão entre as empresas com seleção aberta


postado em 24/07/2018 06:00 / atualizado em 24/07/2018 11:19

Gilbert Ferreira procura um emprego com carteira assinada para ajudar a família, que mora na Bahia(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Gilbert Ferreira procura um emprego com carteira assinada para ajudar a família, que mora na Bahia (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
A lenta recuperação da economia e o resultado negativo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, em junho, não devem desanimar quem procura uma vaga no Distrito Federal. Pesquisa da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) mostra que o número de desocupados na capital caiu 5,3% em relação ao mesmo período de 2017. Além disso, de acordo com a Agência do Trabalhador (Sine), existem 2.576 oportunidades abertas na cidade (veja quadro).

Em meio à crise, a busca por um posto com carteira assinada está acirrada. Em maio, estavam desempregados no DF 320 mil pessoas. Para o especialista em mercado de trabalho Carlos Alberto Ramos, a oferta ainda é baixa porque “os gastos públicos estão estagnados e há incertezas sobre as eleições, o que deixa os contratadores inseguros”.

Para o professor de economia da UnB (Universidade de Brasília) Newton Marques, o cenário não é bom, mas no DF há uma exceção. “O setor privado depende muito do setor público. Como, no DF, o setor público atua mais fortemente na economia, as coisas estão um pouco melhores”. Entre as vagas disponíveis na capital, 500 são oferecidas pelo Grupo Pão de Açúcar e 20, pelo Outback.

Para se candidatar às oportunidades do restaurante, o interessado deve comparecer à unidade do Shopping DF Plaza hoje, das 14h às 16h30. A seleção começou ontem. Já para tentar ser contratado pela rede de supermercados, o candidato deve enviar o currículo para o site www.gpabr.com/vagas.

Procura


Na fila por uma oportunidade, João Paulo, 21 anos, conta que veio para o DF, depois de servir o Exército em Tocantins. Busca emprego com carteira assinada, mas reclama, pois sempre são muitos candidatos para uma vaga só. “Estou quase desistindo”, disse.

Apesar de ser formado em letras pela Faculdade Mauá e ter muita vontade de atuar na área, Bryan Batista, 26, está à procura de qualquer emprego. “As coisas começaram a ficar apertadas e eu precisei recorrer a outros caminhos. Agora, estou tentando uma vaga de atendente de restaurante”, explicou.

Com apenas 18 anos,  Gilbert Ferreira trabalhou em supermercado, mas não tinha carteira assinada. Tenta um emprego há dois anos, sem sucesso. “Preciso trabalhar para ajudar a minha família que mora na Bahia.”

Empreendedorismo


Para o economista Newton Marques, “neste momento da economia, a solução para os desempregados é o trabalho de autônomo, o microempreendedorismo ou a qualificação”, afirmou. Hoje, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) fará palestras na Rodoviária do Plano Piloto. O evento tem como objetivo orientar os interessados em empreender.

O chamado Multirão da Simplificação oferece orientação e oficinas aos interessados em montar o próprio negócio. Entre as palestras estão as sobre coaching empreendedor,  fluxo de caixa, como atrair, conquistar e manter clientes. Já as oficinas terão como temas Facebook empresarial, plano de marketing, manipulação de alimentos, entre outros assuntos que contemplam o desenvolvimento da atividade empreendedora no DF.

O evento ocorrerá das 11h às 17h, e a programação completa está disponível na página do Sebrae DF.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade