Publicidade

Correio Braziliense

BNDES lança plataforma de transparência em parceria com TCU

O novo mecanismo permitirá que a sociedade tenha acesso às transações do banco


postado em 21/08/2018 15:41

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press )
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press )

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apresentou hoje (21/8) a sua nova plataforma de transparência. O projeto, em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU), foi detalhado em uma audiência pública, que teve como objetivo ouvir a sociedade para atender futuras melhorias na ferramenta.

“Acabou aquela época em que alguém podia falar que o BNDES fosse uma caixa preta. A partir de hoje, o BNDES é um banco totalmente transparente. Ao ponto de nós estarmos lançando uma audiência pública que tem, na verdade, o sentido de perguntar para a sociedade o que mais ela quer saber sobre o banco, além de todas as informações que já são divulgadas e das que ainda vão ser” reforçou o presidente do BNDES, Dyogo Oliveira.

A plataforma permitirá que a sociedade tenha acesso às transações do banco. Em novembro, o BNDES e o TCU assinarão um acordo de cooperação técnica para aprimorar as auditorias públicas. Com o trato, o TCU terá acesso integral às informações do banco, mesmo às consideradas secretas pela Lei de Sigilo Bancário.

O ministro-substituto do TCU, Augusto Sherman, lembrou que a parceria entre as instituições começou em 2014, quando um processo de levantamento de auditoria foi iniciado pelo tribunal para compreender como o BNDES realiza seus financiamentos e também como aplica seus recursos.

“Hoje, o banco está divulgando um painel de informações que facilita muito o acesso às informações do BNDES. Isso vem de um trabalho do tribunal de longo tempo e houve convergência de disponibilizar praticamente todas as informações com pouquíssimas restrições [para o público]” falou.

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União, Wagner de Campo Rosário reforçou ainda a importância da transparência no combate à corrupção. “Sabemos que todos os órgãos, todos os países que lograram em uma mudança de se tornar um país mais igual e distante da corrupção, investiram na transparência. Então, hoje, a base da mudança de uma sociedade está, inicialmente, na transparência” disse Rosário.

Plataforma
O BNDES já tem alguns mecanismos para divulgar informações sobre suas operações. No entanto, as informações mais completas serão disponibilizadas ao público para atender às demandas de diversos setores da sociedade.

Qualquer um poderá fazer a consulta unificada das transações de cada cliente do banco ou conseguirá ainda aplicar filtros de busca na plataforma para checar os painéis de informações de um local específico, por exemplo. Os dados também poderão ser vistos por meio de gráficos e mapas.

A versão final da ferramenta será lançada em novembro e apresentará mais dados sobre operações de renda fixa e variável, como a fonte dos recursos, o valor desembolsado, entre outros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade