Publicidade

Correio Braziliense

Criação de empregos formais de julho é a melhor em seis anos, diz Caged

O país proporcionou 47.319 empregos com carteira assinada no mês


postado em 22/08/2018 16:48

Foram registradas 1.219.187 contratações contra 1.171.868 demissões(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
Foram registradas 1.219.187 contratações contra 1.171.868 demissões (foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
O país criou 47.319 empregos com carteira assinada em julho, segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostrou que este é o melhor resultado para o mês desde 2012, quando foram abertas 142.496 vagas.

Em julho, foram 1.219.187 contratações contra 1.171.868 demissões, totalizando saldo de 47.319. No ano passado, o mesmo mês havia registrado perda de 20.832 postos de trabalho. 

De janeiro a julho, os números oficiais mostram que foram criados 448.263 empregos formais. No acumulado de 12 meses, 286.121 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos.

A agricultura foi o setor que mais criou vagas no mês de julho, sendo 17.455 ao todo. Seguida de serviços (14.548), construção civil (10.063), indústria de transformação (4.993), serviços industriais de utilidade pública (1.335) e extrativa mineral (702). Houve fechamento de vagas no comércio (-249) e na administração pública (-1.528). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade