Publicidade

Correio Braziliense

Dotz compra empresa do mesmo ramo e cresce no mercado

Aquisição da NetPoints deve trazer 15 milhões de novos clientes para a Dotz


postado em 31/10/2018 16:17 / atualizado em 31/10/2018 16:17

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

A empresa de acúmulo de pontos Dotz anunciou, nesta quarta-feira (31/10), a compra da NetPoints, pertencente ao mesmo ramo de mercado. A aquisição trará para a Dotz uma nova massa de clientes e de novos parceiros que proporcionarão aos consumidores formas mais amplas de se obter e de trocar pontos por produtos. A conclusão da transação ainda precisará de 60 dias para ser avaliada pelo órgãos reguladores do setor. 

Segundo assessoria de imprensa da empresa, a compra trará "ativos de alto valor agregado para a Dotz". Eles estimaram 15 milhões de novos clientes. Além disso, nomearam como varejistas muito relevantes as empresas Savegnago e D'avó, como exemplos de novas parcerias. 

Outro ponto da compra foi a verificação de uma "operação de sucesso" de cartão CoBranded com o Banco Votorantim. Isso permitirá que os clientes que tiverem esse cartão efetuem compras em qualquer estabelecimento com a bandeira do cartão e não somente na rede varejista. Isso amplia a rede de pontos. Além disso, também foram adquiridas ferramentas de Analytics e CRM (que utilizam dados para otimizar a experiência do cliente). 

São Paulo

No estado paulista, a fase pré-operacional da entrada da Dotz no estado já teve uma boa repercussão, dado a forte presença da NetPoints no local. Os supermercados Chama e Hirota Food Express foram os primeiros estabelecimentos a adentrarem na funcionalidade da fusão das empresas. 

A Dotz ampliou a liderança absouta no segmento de coalizão de varejo de Brasil. Agora a empresa tem mais de 40 milhões de clientes e R$ 30 bilhões de faturamento de varejo alimentar no ecossistema Dotz.

* Estagiário sob supervisão de Roberto Fonseca

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade