Publicidade

Correio Braziliense

Doações a crianças e adolescentes podem ser feitas pelo imposto de renda

Quem realizar doações até 31 de dezembro pode deduzir até 6% do imposto devido. Arrecadação objetiva investir em políticas e ações voltadas para as crianças e adolescentes


postado em 07/12/2018 14:43 / atualizado em 07/12/2018 14:48

(foto: Ministério dos Direitos Humanos/Divulgação )
(foto: Ministério dos Direitos Humanos/Divulgação )

Jovens em situação de vulnerabilidade e risco social podem receber doações vindas do imposto de renda. Os valores arrecadados ajudam os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, que objetivam financiar projetos que atuem na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente. 

Quem quiser fazer doações e conseguir descontar do Imposto de Renda do ano que vem, ainda dá tempo. As doações podem ser feita até o dia 31 de dezembro, como explica o secretário nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Luís Carlos Martins. Para saber como doar acesse aqui

De acordo com Martins, fazendo as doações nestre prazo, é possível deduzir até 6% do imposto devido. "Por exemplo, se você tiver que pagar R$ 1 mil de imposto de renda, poderá deduzir até R$ 60 de doação para os Fundos", explica. 

O secretário ainda lembra que se os 35 milhões de contribuintes de 2018 tivessem doado R$ 60 para estes fundos, eles teriam mais de R$ 2 bilhões para investir em políticas e ações voltadas para as crianças e adolescentes. " Ao fazer a doação, você contribuinte tem autonomia de decidir como será gasto parte do seu imposto", diz.

Os recursos são aplicados exclusivamente na área com monitoramento dos Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente. A criação dos Fundos foi prevista pelo Estatuto da Criança e do Adolescente em seu art. 260.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade