Publicidade

Correio Braziliense

Major Olímpio diz que flexibilização da idade na Previdência facilita votação

A idades apresentadas por Bolsonaro são menores que as da reforma proposta pelo ex-presidente Michel Temer, de 62 para mulheres e 65 para homens


postado em 04/01/2019 08:32 / atualizado em 04/01/2019 11:29

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)

A ideia de fixar a idade mínima para aposentadoria em 57 anos para mulheres e 62 anos para homens, conforme afirmou na quinta (3/1) o presidente Jair Bolsonaro, visa a diminuir as resistências do Congresso e facilitar a votação de uma reforma da Previdência pelos parlamentares, afirmou hoje o senador eleito Major Olímpio (PSL-SP) em entrevista à rádio CBN.


A idades apresentadas por Bolsonaro são menores que as da reforma proposta pelo ex-presidente Michel Temer, de 62 para mulheres e 65 para homens. Para o senador eleito, a interpretação de Bolsonaro ao propor regras mais brandas é que "o ótimo é inimigo do bom". "É uma sinalização de que quer flexibilizar as possibilidades para poder ter o conteúdo votado", disse o parlamentar.

Olímpio reforçou que a idade mínima proposta por Bolsonaro é uma possibilidade colocada para discussão e não um plano fechado pelo governo. "O presidente está apresentando ainda alguns juízos de valor no imaginário, acompanhando o estudo técnico, mas manifestando através de sua experiência em 28 anos de Câmara Federal, no entendimento de buscar soluções que possam minimizar ou diminuir os obstáculos para ter uma primeira etapa ou a consolidação de uma eta de reforma da Previdência", disse o senador eleito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade