Publicidade

Correio Braziliense

Futuro presidente do BC é nomeado assessor especial do Ministro da Economia

Campos Neto foi indicado por Guedes para presidir o Banco Central e será o 22° ministro do presidente Jair Bolsonaro


postado em 11/01/2019 11:51 / atualizado em 11/01/2019 11:56

(foto: Reprodução/Assessoria de Imprensa da Transito)
(foto: Reprodução/Assessoria de Imprensa da Transito)
O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (11/01) veio com a nomeação do economista Roberto de Oliveira Campos Neto, como assessor especial do Ministro da Economia, Paulo Guedes, conforme portaria assinada pelo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Marcelo Guaranys, com data de ontem. 

Campos Neto foi indicado por Guedes para presidir o Banco Central e será o 22° ministro do presidente Jair Bolsonaro, mas ele só poderá assumir o cargo após ser sabatinado pelos senadores da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, que voltará de recesso somente em fevereiro. Até lá, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, permanece no cargo, mas não viajará com o novo governo para o encontro anual do Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês), em Davos, na Suíça.

Campos Neto terá uma função comissionada no ministério da Economia, de Diretoria de Assessoramento Superior (DAS) 4, com remuneração mensal de R$ 10,3 mil, conforme dados da pasta. A nomeação do futuro presidente do BC tem como objetivo incluir o economista na comitiva do governo para Davos, onde ele também deve participar do WEF. 

O evento, que ocorre entre os dias 22 e 25 deste mês, reúne os maiores líderes e empresários do planeta e será importante que os integrantes da nova equipe econômica se apresentem à elite financeira global. A expectativa de especialistas sobre que mensagem que o novo governo e a nova equipe econômica passarão aos investidores será grande, pois a imagem de Bolsonaro não é positiva lá fora devido às declarações dele e de seus ministros sobre em temas polêmicos como imigração, globalização e meio ambiente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade