Publicidade

Correio Braziliense

Feiras buscam trazer novos negócios para a economia do Brasil

Eventos inaugurados nesta terça-feira em São Paulo buscam gerar estratégias nos setores de infraestrutura, aquaviário e aéreo


postado em 19/03/2019 19:09 / atualizado em 19/03/2019 19:10

(foto: Marília Sena/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Marília Sena/Esp. CB/D.A Press)
São Paulo - A 25ª Intermodal South America e a 21ª edição da NP Negócios no Trilho iniciaram as atividades hoje na Expo São Paulo. Os dois eventos juntos trazem mais de 300 expositores de empresas brasileiras e estrangeiras para o Brasil. O objetivo das feiras é gerar estratégias nos setores de infraestrutura, aquaviário e aéreo para expandir a geração de negócios no país.
 
Um dos principais assuntos do evento é a expansão da mobilidade urbana. Segundo o Secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos do Ministério do Desenvolvimento Regional, Jean Carlos Pijo, que esteve presente na abertura do evento, a integridade dos transportes públicos é um dos objetivos do ministério para garantir a melhora na qualidade de vida das pessoas. "A função é prover condições para as pessoas gostarem das suas cidades com conforto e segurança", afirmou. 
   
Diogo Piloni e Silva, secretário Nacional de Portos do Ministério da Infraestrutura, disse que dez dos representantes de delegações do ministério estão presentes para dialogar sobre os problemas e soluções da infraestrutura do Brasil. De acordo com ele, as políticas públicas para o setor estão sendo construídas em campo. "Dentro do gabinete, não vamos conseguir fazer nada", disse. Outro ponto destacado por Piloni é o foco no setor de logística para expandir a economia brasileira. 

Nova estrutura

A secretária executiva-adjunta do Ministério da Infraestrutura, Viviane Esse, enfatizou que o evento é o momento de crescimento do país e que o representantes do setor privado vão ajudar o Brasil nessa “empreitada”. Ela pediu que os executivos presentes no evento acreditassem no Brasil e explicou que a nova estrutura do ministério foi o primeiro passo para a realidade dos novos investimentos em infraestrutura. 

Nenhum representante do Distrito Federal confirmou presença até o momento em nenhum dia do evento. As exposições começaram às 13h e duram até sexta-feira (21/3).

*Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade