Publicidade

Correio Braziliense

Marinho diz que serão feitas modificações pequenas no texto da Previdência

O secretário afirmou que as mudanças não implicarão impacto fiscal nem mexerão na 'espinha dorsal' do projeto


postado em 22/04/2019 16:30 / atualizado em 22/04/2019 16:32

(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
 

 

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o governo está conversando com os líderes da Câmara dos Deputados e que serão feitas "modificações pequenas" no texto da reforma da Previdência que deve ir a votação na terça-feira (23/4), na Comissão e Constituição e Justiça (CCJ). Mais cedo, ele disse que as mudanças não implicarão impacto fiscal nem mexerão na "espinha dorsal" do projeto. "Faremos algumas modificações pequenas e anunciaremos nesta segunda à noite ou terça-feira de manhã", afirmou, ao chegar à sede do Ministério da Economia.

Marinho rebateu críticas de que dados que embasam a reforma foram mantidos sob sigilo. "A base da reforma é pública, está à disposição desde o ano retrasado. Na comissão especial, quando iremos discutir mérito, iremos decodificar e refinar dados", completou.

Ele reafirmou que a sinalização que tem recebido de líderes é que a reforma será votada na CCJ terça-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade