Publicidade

Correio Braziliense

'É uma guerra de narrativas', diz Joice Hasselmann sobre Previdência

Deputada defende o diálogo com a oposição para viabilizar a aprovação do texto


postado em 22/05/2019 11:46 / atualizado em 22/05/2019 19:34

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A deputada federal Joice Hasselmann (PSL/SP) afirmou que existe uma guerra de narrativas em torno da tramitação da proposta de reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional. Para a líder de governo na Câmara, é preciso uma campanha nacional para buscar apoio.

Joice afirmou que está atuando por meio de uma "caravana da Previdência" para levar informações referentes a proposta ao estados. "A nova Previdência é uma Previdência que cuida do país. Que ataca privilégios. É uma guerra de narrativas e é na narrativa que vamos vencer essa guerra dentro do Congresso Nacional", disse.

A deputada falou durante o seminário sobre a reforma da Previdência realizado pelo Correio Braziliense e pelo Estado de Minas, nesta quarta-feira (22/5). Ela afirmou que o texto será aprovado caso os parlamentares saibam que não vai sofrer retaliações e perder votos por conta de sua posição em relação a medida. "Vamos dar tranquilidade para os parlamentares votarem este texto. Vencemos a eleição passada com o telefone não mão. E é convocando os movimentos democráticos que vamos fazer essa grande aliança pelo país".

Ainda de acordo com Joice, é necessário manter o diálogo com integrantes da oposição para garantir a aprovação do texto no Congresso. "Quando a gente fala com a oposição, eles falam que precisam de recursos, pois o estado quebrou. Queremos que pelo menos PSB e PDT liberem suas bancadas para a votação. E aí acabou, vencemos", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade