Publicidade

Correio Braziliense

Desonerações concedidas pelo governo são maiores em 2019, diz Receita

Na folha de pagamento das empresas, as desonerações fizeram com que o governo federal deixasse de arrecadar R$ 866 bilhões em junho


postado em 23/07/2019 12:20

(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)
As desonerações tributárias concedidas pelo governo federal são maiores este ano do que em relação a 2018. De acordo com a Receita Federal, elas provocaram uma renúncia fiscal de R$ 47,286 bilhões no primeiro semestre de 2019, frente os R$ 40,400 bilhões contabilizados no ano passado. Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (23/7). 

Em julho, que é a última base de cálculo do Fisco, as desonerações custaram R$ 8,016 bilhões aos cofres públicos. O valor também foi acima do registrado no mesmo mês de 2018, quando marcou R$ 6,983 bilhões. 

A desoneração da folha de pagamentos das empresas fez com que o governo federal deixasse de arrecadar R$ 866 milhões em junho. Já no acumulado do ano, o montante renunciado foi de R$ 3,642 bilhões. 

No agosto do ano passado, o Congresso Nacional aprovou a reoneração da folha de 39 setores da economia. Mas o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, já defendeu que pretende reativar a desoneração da folha de salários, mas para todos os setores. Os detalhamentos serão divulgados quando o governo anunciar a proposta para a reforma tributária. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade