Publicidade

Correio Braziliense

Prestação IPCA para crédito imobiliário terá ajuste mensal

As prestações serão baseadas em publicação do IBGE


postado em 20/08/2019 21:56 / atualizado em 20/08/2019 22:24

(foto: José Cruz/Agencia Brasil)
(foto: José Cruz/Agencia Brasil)
Na tarde desta terça-feira (20/8), a Caixa Econômica Federal (CEF) lançou a nova linha de crédito imobiliário indexada ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). A taxa mínima para imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de 2,95% ao ano e a taxa máxima será de 4,95% a.a. As taxas valem para novos contratos e já estarão vigentes a partir da próxima segunda-feira (26/8). 

Ainda de acordo com o banco, o valor da prestação será atualizado pelo IPCA mensal, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O saldo devedor será corrigido pelo índice e dividido pelo número de parcelas. Atualmente, o saldo devedor é reajustado anualmente pela TR, hoje zerada. 

“O cálculo é mensal. Todo mês vai passar a observar esse crescimento. Em junho o IPCA foi 0,22. Já bem acertado. Trabalhamos projeções internas da Caixa de IPCA em redor de 3,5% ao ano. Esses são os índices que usamos para fazer nossos estudos de viabilidade”, disse o vice presidente da Caixa, Jair Mahl.

O presidente da instituição, Pedro Guimarães, ressaltou que, como se trata de uma escolha, caso o cliente tenha receio acerca da inflação sobre o IPCA, pode continuar com o TR. “Se ele tiver esse receio, pode continuar com o TR. Exatamente por causa disso, existe o componente do IPCA mais volátil. Que a gente reduziu tanto o percentual para 4,95%. Houve uma redução sensível. Se olhar a TR há uma imaginação de que a TR é de 0%. É zero nos últimos meses, mas se tiver volatilidade da inflação, também vai subir. Acreditamos que um produto desse  de longo prazo passa por inflação mais controlada. Nos últimos anos 20 anos foram um ou dois picos inflacionários”, destacou.

E continuou: “Estamos aprendendo. Vamos fazer análises mensais, bimestrais, trimestrais, pois é um produto novo. Temos demanda superior a R$ 30 bilhões por crédito imobiliário por IPCA. Acreditamos que é bom para o mercado e diminui risco”.

O evento contou ainda com a presença do presidente Jair Bolsonaro. O peeselista disse que a medida é um ganho para a sociedade como um todo, tanto para quem vai comprar, quanto para os setores imobiliário e da construção. “Isso é muito bem-vindo. E a sociedade toda ganha, todo mundo ganha. Vamos, na medida do possível, dando sinais que queremos fazer um Brasil melhor para todos”.

A Caixa calcula que a nova modalidade tem um custo entre 35% e 51% inferior. Ou seja, é benéfica para o consumidor, que possibilitará prestações mais baratas em um prazo máximo de 360 meses, ou seja, 30 anos, com quota máxima de financiamento de 80%.  

Michelle Bolsonaro

O presidente Bolsonaro aproveitou a solenidade para criticar a imprensa a respeito de matérias sobre o passado da avó materna da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. 

“É uma covardia o que vocês fazem com a avó da Michelle. Covardia inenarrável. Isso não faz parte de uma imprensa livre e sadia. A gente lamenta isso aí. Uma pessoa que já pagou pelo seu crime, mais de 20 anos depois ser rememorado. A gente lamenta isso daí. Quem não tem problemas com parentes? Dificilmente não tem um problema perante parentes, mas a nossa vida tem que ser pautada daqui para frente”, concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade