Publicidade

Correio Braziliense

Ataques na Arábia Saudita impactam negociação das ações da Petrobras

Preço do barril de petróleo registra a maior alta durante uma sessão desde a Guerra do Golfo, em 1991. Ações da Petrobras sobem quase 4%


postado em 16/09/2019 14:51 / atualizado em 16/09/2019 15:04

Ações da Petrobras subiram 4% nesta segunda-feira (16)(foto: Mauro Pimentel/AFP)
Ações da Petrobras subiram 4% nesta segunda-feira (16) (foto: Mauro Pimentel/AFP)
As ações da Petrobras subiram 4% nesta segunda-feira, (16/9). As ações preferenciais subiram 3,35%, já as ordinárias tiveram alta de 3,74%. Por outro lado, os papéis das empresas aéreas brasileiras foram afetadas negativamente.  As ações PN da Gol caíam 6,53% e as da Azul, 7,42%.
 
O Ibovespa, principal índice de Bolsa de São Paulo, chegou a subir na abertura do dia, atingindo a máxima de 103.713,17 pontos, mas logo em seguida começou a cair, com a maioria das ações da carteira do índice cedendo. 
 
O preço do petróleo bruto disparou quase 20% nesta segunda-feira, (16/9), e é a maior alta em 28 anos. A alta ocorre após ataques em duas instalações petrolíferas estatais na Arábia Saudita, no sábado (14/9). O governo da Arábia Saudita revelou que os ataques fizeram com que sua produção diária caísse para cerca da metade.

O preço pode subir ainda mais até que a Arábia Saudita divulgue a capacidade de produção de petróleo nos próximos dias. O país é o maior exportador global de petróleo. Os países mais afetados devem ser Índia, China e Indonésia.

O ataque fez crescer a tensão internacional. O secretário de Estado do governo americano, Mike Pompeo, disse que não havia “evidências de que os ataques tenham partido do Iêmen” e acusou o Irã de estar por trás da ação.

O presidente Donald Trump não citou diretamente o Irã, mas disse que os Estados Unidos estão prontos para atacar. Para o governo iraniano, os americanos querem um pretexto para atacar o país.





Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade