Publicidade

Correio Braziliense

Maia volta a defender divisão de 15% para Estados em cessão onerosa

O presidente da Câmara disse estar em conversando com Davi Alcolumbre para tentar construir um acordo entre as duas Casas sobre o tema


postado em 08/10/2019 15:55 / atualizado em 08/10/2019 15:55

(foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
(foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a defender a divisão dos recursos do megaleilão do petróleo em 15% para os Estados e disse que não há resistência na Câmara em relação isso. Ele afirmou que segue em conversas com seu par no Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para tentar construir um acordo entre as duas Casas sobre o tema.

Disse ainda que vai se reunir com líderes mais tarde para debater o assunto.

Sobre a reunião de governadores que está sendo realizada nesta terça-feira (8/10), Maia disse que é importante que eles saiam com uma visão única sobre o assunto, o que pode ajudar na tramitação da proposta no Congresso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade