Publicidade

Correio Braziliense

''Vai chegar a nossa hora'', diz Bolsonaro sobre entrada do Brasil na OCDE

Declaração foi dada pelo presidente em transmissão ao vivo na internet, nesta quinta-feira à noite


postado em 10/10/2019 20:44 / atualizado em 10/10/2019 20:44

(foto: Facebook/ reprodução )
(foto: Facebook/ reprodução )
Em transmissão no Facebook, na noite desta quinta-feira (10/10), o presidente Jair Bolsonaro procurou minimizar a notícia de que os Estados Unidos recusaram apoio à entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Em vez disso, os americanos apoiaram a inclusão de Argentina e Romênia, dando como justificativa o fato de os dois países terem entrado com pedidos antes do Brasil.

"Vai chegar a nossa hora", disse Bolsonaro. "Conversei com o Trump duas vezes. Na primeira vez que eu pedi, imediatamente ele me deu, mas não depende só dele. Os dois países estavam na nossa frente. Leva mais de ano essa entrada. Em 2017, o Brasil tentou e não deu certo, com o presidente Temer. Os governos do PT nem tentaram", completou. 

 

O presidente ainda acrescentou: "Não é chegou, vai entrando. Eles fazem uma seleção, para que esse país que entre cumpra tudo aquilo que está no estatuto".

Frustração

Apesar do tom do presidente, a notícia, dada em primeira mão pela agência de notícias Bloomberg, deixou a equipe econômica frustrada, de acordo com fontes próximas ao grupo chefiado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A palavra de ordem entre os técnicos foi “continuar o processo de convergência, de regulação e governança com padrões globais, para permitir a inserção”.

 

Veja a live na íntegra: 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade