Publicidade

Correio Braziliense

Prévia da inflação registra menor taxa para outubro desde 1998, diz IBGE

Com o resultado, o IPCA-15 acumula alta de 2,69% no ano. Já nos 12 meses imediatamente anteriores, o indicador está em 2,72%


postado em 22/10/2019 10:07 / atualizado em 22/10/2019 10:09

(foto: Vinícius Cardoso Vieira/CB/D.A. Press)
(foto: Vinícius Cardoso Vieira/CB/D.A. Press)
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo — 15 (IPCA-15) teve leve crescimento de 0,09% em outubro. O valor é o menor para a inflação nos meses de outubro desde 1998, quando o registrado foi de 0,01%. Também é o mesmo avanço que registrado em setembro de 2019. 

Os números foram divulgados, nesta terça-feira (22/10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, o IPCA-15 acumula alta de 2,69% no ano. Já nos 12 meses imediatamente anteriores, o indicador está em 2,72%. 

O IPCA-15 é considerado uma prévia da inflação oficial e foi puxado pela deflação no preço de alimentos e bebidas e do grupo de habitação que tiveram queda de 0,25% e 0,23%, respectivamente. Entre as altas para o mês de outubro, se destaca o grupo saúde e cuidados pessoais, que avançou 0,85%. 

Para o ano, a estimativa do Banco Central para a inflação está em 3,26%. O número está abaixo da meta para 2019 que é de 4,25%, com margem de erro de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade