Publicidade

Correio Braziliense

Petrobras sobe preço do gás de cozinha em 5% e gás industrial em 3%

Com o reajuste, o preço médio do botijão de 13 quilo nas refinarias passará de R$ 24,06 para R$ 25,26


postado em 22/10/2019 12:19 / atualizado em 22/10/2019 12:21

O último reajuste havia sido feito em 5 de agosto(foto: Vinícius Cardoso Vieira/Esp. CB/DA Press)
O último reajuste havia sido feito em 5 de agosto (foto: Vinícius Cardoso Vieira/Esp. CB/DA Press)
A Petrobras anunciou reajuste médio de 5% para o GLP P13, o gás de cozinha, nas suas refinarias. A partir desta terça-feira (22/10), a estatal passará a cobrar um preço médio de R$ 1.943,34 por tonelada, contra R$ 1.850,84 anteriormente. O último reajuste havia sido feito em 5 de agosto.

A alteração foi antecipada na segunda-feira (21/10), pelo Sindicato Nacional das Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás).

Com o reajuste, o preço médio do botijão de 13 quilo nas refinarias passará de R$ 24,06 para R$ 25,26. A Petrobras entrega o GLP para ser envasado pelas distribuidoras.

Gás industrial

A estatal também anunciou reajuste no gás industrial, cujo preço médio saltou 3% também a partir desta terça, para R$ 2.009,34 por tonelada. Deste agosto, o produto era vendido por R$ 1.950,8/t nas refinarias da estatal.

Os preços são para pagamentos à vista e sem os tributos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade