Publicidade

Correio Braziliense

Lotex é vendida por lance mínimo de R$ 96 milhões

Lotex também conhecida como ''raspadinha'', foi arrematada pela corretora Ativa Investimentos nesta terça-feira (22/10)


postado em 22/10/2019 12:30 / atualizado em 22/10/2019 12:33

A Lotex é operada atualmente pela Caixa Econômica Federal, que detém o monopólio de loterias no país(foto: Lotex/Divulgação)
A Lotex é operada atualmente pela Caixa Econômica Federal, que detém o monopólio de loterias no país (foto: Lotex/Divulgação)
O Consórcio Estrela Instantânea, da corretora Ativa Investimentos, arrematou nesta terça-feira (22/10) a concessão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), também conhecida como “raspadinha”. Organizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o leilão foi realizado na sede da B3, em São Paulo, e o único lance apresentado foi com parcela inicial foi de R$ 96,969 milhões, considerado o mínimo. 

Na loteria instantânea, o apostador descobre na hora se ganhou ou não algum prêmio ao raspar o cartão e essa foi a terceira tentativa do governo de conceder o serviço à iniciativa privada. O prazo de concessão da Lotex é de 15 anos. 

A Lotex é operada atualmente pela Caixa Econômica Federal, que detém o monopólio de loterias no país, e depois da falta de interessados na concorrência aberta nos últimos dois certames, o governo federal flexibilizou as exigências para participação no leilão. Assim, o número de parcelas para o vencedor subiu de quatro para oito. Após a parcela inicial, consórcio ainda terá de pagar outras sete parcelas fixas de R$ 103 milhões, corrigidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). 

Outra mudança foi em relação a arrecadação anual mínima exigida, que passou de R$ 1,2 bilhão com para R$ 560 milhões. Na primeira tentativa, o valor de outorga também era bem maior, alcançando R$ 1 bilhão. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade