Economia

Dólar se ajusta em meio a giro fraco e otimismo sobre EUA-China e com Brasil

Agência Estado
postado em 02/01/2020 10:00
O mercado de câmbio opera o dólar com sinais mistos nesta quinta-feira, 2, em meio a um volume de negócios fraco e refletindo os ajustes em relação ao fechamento de 2019. "Há um otimismo com a perspectiva de assinatura do acordo comercial fase 1 entre Estados Unidos e China no dia 15 de janeiro e também em relação à economia brasileira, pode ter elevação de rating do País", diz Vanei Nagen, responsável pela área de câmbio da Terra Investimentos. O operador Guilherme Esquelbek, da Correparti, diz que o dólar abriu o primeiro dia útil de 2020 descolado do exterior, mas já opera em terreno positivo, acompanhando a divisa lá fora. "A ligeira queda inicial deve-se à confiança do investidor em relação ao Brasil", avalia, acrescentando que o fluxo cambial está muito pequeno e deve ser retomado na segunda-feira. Às 9h52, o dólar à vista tinha viés de alta de 0,05%, a R$ 4,0140, após oscilar de R$ 4,0050 (-0,17%) a R$ 4,0230 (+0,28%). No mercado futuro, o dólar para fevereiro caía 0,16%, a R$ 4,0175, após oscilar de R$ 4,0085 (-0,39%) a R$ 4,0265 (+0,06%).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação