Publicidade

Correio Braziliense

S&P muda perspectiva de dívida do Brasil por pandemia

A perspectiva da dívida do Brasil era positiva e passou para estavel - mantendo a nota BB - diante da expectativa de que o crescimento em 2020 seja afetado pela pandemia de coronavírus e que o governo não avance com suas reformas


postado em 06/04/2020 22:28

(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
A agência de classificação de risco S&P mudou nesta segunda-feira a perspectiva da dívida do Brasil de positiva para estavel - mantendo a nota BB - diante da expectativa de que o crescimento em 2020 seja afetado pela pandemia de coronavírus e que o governo não avance com suas reformas.

 

"A incerteza tem aumentado em relação à capacidade de o país avançar em sua agenda de reformas estruturais uma vez que se dissipe a pandemia", avaliou a agência de risco, citando as contínuas divergências entre o governo e o Congresso.

 

A S&P projeta que o crescimento do PIB do Brasil sofrerá em 2020 com a pandemia de COVID-19, e que antes de uma recuperação global e da retomada da consolidação fiscal, o governo vai incorrer em gastos extraordinários.

 

A pandemia já matou 73 mi 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade