Economia

Caixa lança aplicativo para pagar o auxílio emergencial; veja como usar

Ferramenta Caixa TEM já está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS e servirá para os contemplados pelo auxílio emergencial que precisarão da poupança digital

Augusto Fernandes
postado em 16/04/2020 15:56
Caixa TemA Caixa Econômica Federal formulou um novo aplicativo para efetuar o pagamento do auxílio emergencial de ao menos R$ 600 a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda. A ferramenta chama-se Caixa TEM e é destinada aos cerca de 30 milhões de brasileiros que não tinham conta em nenhuma instituição bancária e optaram por receber o benefício por meio da Poupança Social Digital Caixa.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, as pessoas que tiverem o auxílio creditado na conta poupança poderão movimentar o dinheiro por meio do aplicativo. Elas poderão fazer transferências entre contas da Caixa de modo ilimitado e terão três transferências gratuitas para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias. O Caixa TEM também vai oferecer a possibilidade de pagamento de boletos e contas de água, luz, telefone etc.

A ferramenta já está disponível para download, tanto para o sistema operacional Android quanto para o iOS. Segundo Guimarães, o aplicativo foi pensado como uma maneira de evitar aglomerações em agências da Caixa ou em casas lotéricas de pessoas que queiram sacar o dinheiro do auxílio. Veja como baixar e utilizar o Caixa TEM.

[FOTO1578565]

Dois aplicativos

O Caixa TEM, explica Guimarães, será exclusivo para o repasse dos recursos do benefício. Para quem ainda não fez o cadastro para solicitar o recebimento doauxílio, é necessário fazer a solicitação por meio de outro aplicativo ou site o Caixa Auxílio Emergencial.

;Qual é a razão de dois aplicativos? Um será de cadastramento, em que as pessoas colocam os seus dados, e a Caixa envia esses dados para o Ministério da Cidadania e para a Dataprev, para que eles façam a verificação, e depois nós recebemos o retorno. E quando recebemos, o pagamento não é feito pelo aplicativo de cadastramento, mas por esse segundo: o Caixa TEM", diz.

"Neste aplicativo, as pessoas podem realizar transferências e podem realizar pagamentos de contas. Inclusive, temos parceria com 700 empresas das mais variadas, de farmácias, padarias, para que as pessoas possam realizar algum tipo de consumo;, detalhou Guimarães.

[SAIBAMAIS]Segundo ele, uma nova versão do Caixa Auxílio Emergencial será disponibilizada a partir de de segunda-feira (20/4) para que pessoas com problemas no CPF em função de pendências eleitorais possam fazer o cadastro normalmente, por exemplo. Guimarães comentou que ao menos 12 milhões de CPFs foram identificados nessa situação. De todo modo, os titulares ainda precisarão de análise da Dataprev, seguindo todo o procedimento estabelecido.

;Como algumas regras mudaram, haverá uma nova versão. Antes a pessoa não poderia ter o CPF (cadastrado) caso tivesse problema com eleição. Agora, isso mudou;, comentou o presidente da Caixa. "Como já fizemos 36,7 milhões (de cadastros), realizar mais 5, 10 ou 12 milhões já entrou na esteira", acrescentou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação