Economia

Senadores podem votar projeto que reduz juros do cartão de crédito

Na reunião de líderes, parlamentares decidem as pautas prioritárias. Ministro da Educação, Abraham Weintraub, participa e pede que Enem não seja adiado

Simone Kafruni
postado em 05/05/2020 14:47
Na reunião de líderes, parlamentares decidem as pautas prioritárias. Ministro da Educação, Abraham Weintraub, participa e pede que Enem não seja adiadoO projeto que limita os juros do cartão de crédito a 20% e a proposta que torna crime hediondo ato de corrupção na administração pública durante a pandemia devem entrar na pauta do Senado em maio. As lideranças estão reunidas nesta terça-feira (5/5) para definir o que será colocado em votação na Casa. Durante a videoconferência dos senadores, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez uma breve participação para pedir que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para novembro, não seja adiado.

De acordo com o senador Álvaro Dias (PR), líder do Podemos, o ministro disse que não há motivos para adiar já a realização do Enem. ;Se tiver alguma alteração, deve ser proposta lá por agosto, porque é possível que a situação esteja normalizada até novembro;, disse. O líder do bloco parlamentar, Esperidião Amin (PP-SC), ressaltou que a participação de Weintraub foi muito propositiva. ;Concordo com ele que não é preciso adiar agora algo que está marcado para novembro. Nós todos sabemos que as eleições são em outubro e também seria precipitado decidir agora. Weintraub foi sensato;, afirmou.

[SAIBAMAIS]Ambos os líderes apoiam a colocação em pauta do projeto que reduz juros do cartão de crédito durante a pandemia e da proposta que torna hediondo crime contra a administração pública durante a crise. ;Estamos selecionando as prioridades, apensando os projetos similares. Eu insisti em dois. Um do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que agrava a penalidade de crimes de corrupção praticados durante a pandemia e recebi apoio do Amin;, disse. O senador progressista confirmou o apoio e lembrou que em Santa Catarina foram comprados 200 respiradores nunca entregues. ;Não é possível tomar o dinheiro da pandemia e aplicar de forma de criminosa;, afirmou.

O projeto sobre o sistema financeiro, que limita a taxa de juros do cartão de crédito em 20% ao ano durante a pandemia, recebeu apoio de vários senadores, segundo Álvaro Dias. ;Também estamos discutindo sobre sessão do Congresso amanhã para promulgar a PEC 10, que está sendo votada hoje em segundo turno na Câmara;, acrescentou. A PEC 10 cria o orçamento de guerra, um regime especial para o enfrentamento da crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação