Economia

Bolsas da Europa fecham em alta com otimismo por retomada

Agência Estado
postado em 05/05/2020 13:35
As bolsas da Europa fecharam em alta nesta terça-feira, 5, recuperando parte das fortes perdas registradas na segunda-feira, 4, em meio a perspectivas para a retomada da atividade econômica após a paralisa provocada pelo coronavírus. Apesar de uma decisão da Justiça Alemã trazer ameaças ao programa de compra de ativos do Banco Central Europeu (BCE), o tom foi de otimismo no mercado e o indíce Stoxx 600 encerrou com avanço de 2,15%, a 335,50 pontos. Durante a madrugada, a IHS Markit e a CIPS divulgaram que o índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços do Reino Unido despencou de 34,5 em março para a mínima recorde de 13,4 em abril, acima da leitura preliminar e da expectatativa de analistas consultados pelo jornal The Wall Street Journal, de 12,3 em ambos os casos. Em Londres, o índice FTSE 100 subiu 1,66%, a 5.849,42 pontos. Outro indicador importante divulgado nesta terça foi o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro, que recuou 1,5% na passagem de fevereiro para março, ante expectativa de queda menor, de 1,3%. Na Bolsa de Paris, o CAC 40 fechou em alta de 2,40%, a 4.483,13 pontos. A principal notícia no cenário econômico do continente, no entanto, foi a decisão do Tribunal Constitucional da Alemanha de considera o programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) do BCE parcialmente inconstitucional. A corte não julgou o instrumento como um todo como ilegal, mas criticou as autoridades alemãs por não terem se posicionado sobre o tema. O Bundersbank, o banco central do país, terá três meses para justificar as medidas do BCE e, por enquanto, poderá continuar participando do programa. Além disso, conforme destaca a Eurasia, "a decisão na afeta diretamente o recém-lançado Pograma de Compra de Emergência da Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) do BCE". Com isso, em Frankfurt, o DAX avançou 2,51%, a 10.729,46 pontos. Em Milão, o FTSE MIB registrou alta de 2,06%, a 17.387,38 pontos. Os bancos tiveram desempenho positivo, com UBI Banca subindo 2,72% e Banco BPM crescendo 1,96%. Em Madrid, o Ibex 35 ganhou 1,11%, a 6.747,70 pontos. Já o PSI 20 subiu 0,84%, a 4.222,02 pontos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação