Economia

Mercado s/a

postado em 27/05/2020 04:04

Projeto de lei beneficia devedores
A pandemia do coronavírus monopoliza atenções e muita discussão importante passa despercebida. É o caso do Projeto de Lei 1.397, aprovado na semana passada na Câmara e que agora será submetido ao Senado. Ele reserva armadilhas para a arrecadação federal e dos governos estaduais ao definir regras transitórias para empresas em recuperação judicial ou em vias de chegar a esse ponto. Na prática, o texto dá salvaguarda para todo tipo de devedor até dezembro de 2021. O artigo 15, por exemplo, determina que ;ficam suspensos atos administrativos de cassação, revogação, impedimento de inscrição, registro, código ou número de contribuinte fiscal, independente da sua espécie, modo ou qualidade fiscal, sob a sujeição de qualquer entidade da federação que estejam em discussão judicial, no âmbito da recuperação judicial;. Trata-se de um presente para devedores contumazes. Para se ter uma ideia, só no mercado de combustíveis cerca de
R$ 3 bilhões em tributos deixarão de ser recolhidos até o fim de 2021.

Confiante na retomada, Centauro anuncia oferta de ações
A rede de artigos esportivos Centauro se tornou a primeira empresa a anunciar uma oferta de ações em plena pandemia do coronavírus. A iniciativa é importante: de certa forma, ela retrata a confiança da companhia na retomada econômica. Segundo o Grupo SBF, que controla a Centauro, a iniciativa deverá movimentar
R$ 928 milhões. Antes da crise do coronavírus, a rede crescia em ritmo forte e vivia uma das melhores fases de sua história. Em fevereiro, comprou a Nike do Brasil por R$ 900 milhões.

Tim quer mais mulheres na área de tecnologia
A Tim promoveu uma videoconferência diferente. O encontro virtual reuniu mulheres da área de tecnologia da empresa para apresentar projetos que desenvolvem. Na plateia, universitárias de cursos ligados ao ramo tecnológico. A iniciativa é interessante. Segundo a Unesco, no Brasil as mulheres respondem por 33% dos profissionais que se formam em áreas como ciência , tecnologia, engenharia e matemática. Quando se fala da indústria digital, a força de trabalho delas representa só 25%.

Segurança das barragens: ;O bom senso prevaleceu;, diz Abal

A aprovação pela Câmara dos Deputados do substitutivo ao Projeto de Lei 550, que trata da segurança de barragens, agradou Milton Rego, presidente da Associação Brasileira do Alumínio (Abal). ;O bom senso prevaleceu;, diz o executivo. ;No calor da tragédia, pipocaram ideias que não tinham a ver com segurança. O objetivo era punir simplesmente;. O PL original reunia propostas surgidas logo depois do acidente de Brumadinho, em janeiro de 2019. Agora segue para apreciação do Senado.

Rapidinhas
; A reabertura da economia na Europa levou o Burger King a apresentar, com bom humor, uma novidade. A rede lançou o Social Distancing Whopper, sanduíche que tem três vezes mais cebola crua do que o normal. Segundo o Burger King, ele incentiva as pessoas a manter distância. O motivo é insólito: o hálito ruim de quem comeu.


; A crise do coronavírus não afetou o setor de alimentos especiais, que abrange as áreas de nutrição infantil, nutrição enteral (essencial para pacientes com covid-19) e suplementes alimentares, entre outros. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), o segmento cresceu 3,4% no primeiro trimestre.


; É surpreendente a capacidade do agronegócio brasileiro resistir a crises. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o PIB do setor poderá crescer até 2,5% em 2020, mesmo considerando os impactos negativos da pandemia do conoravírus. Se tudo der errado, a alta será de 1,3%.


; O pôquer on-line virou febre na quarentena. As longas estadias em casa estimularam as pessoas a jogar mais. Segundo a consultoria Poker Industry Pro, que monitora o tráfego mundial de pôquer on-line, o número de mesas digitais cresceu 150% desde janeiro e 10 milhões de novos jogadores passaram a se arriscar nas cartas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação