Publicidade

Correio Braziliense

Balança comercial tem superavit de R$ 4,5 bilhões em maio

Resultado é o pior para o mês desde 2015. Governo diz que justificativa é o ''enfraquecimento da demanda global''


postado em 01/06/2020 16:26 / atualizado em 01/06/2020 16:27

(foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press)
(foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press)
A balança comercial registrou superávit (quando as exportações superam as importações) de US$ 4,548 bilhões em maio deste ano. Foi o pior resultado para o mês desde 2015. Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 19,1%. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia nesta segunda-feira (1º/6).


A queda do superávit comercial acontece em meio à pandemia do novo coronavírus, que diminuiu o fluxo de comércio entre os países. Em abril, ainda sem reflexos da pandemia, o saldo positivo foi o melhor para o mês em três anos.

"A queda do valor exportado (4,2% no mês passado) foi resultado direto do forte recuo dos preços internacionais — em função do enfraquecimento da demanda global —, reduzindo em 15,6% os preços dos bens exportados pelo Brasil em relação ao mesmo mês do ano anterior", informou o governo.

As exportações apresentaram alta de 5,6%. Na avaliação do governo, o resultado configura um "bom desempenho das exportações brasileiras diante da queda generalizada dos embarques internacionais".
 
*Estagiário sob supervisão de Fernando Jordão 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade