Economia

Mineração foi responsável por 50% da balança comercial brasileira

Apenas entre abril e maio, o saldo do setor correspondeu a 33% do saldo total

Jailson R. Sena*
postado em 21/07/2020 16:54
Mina Congo SocoMesmo com os impactos da pandemia do novo coronavírus, o desempenho do setor de mineração correspondeu a 50% do saldo comercial brasileiro no 1; semestre, segundo dados divulgados nesta terça-feira (21/7), pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), que congrega mineradoras responsáveis por mais de 85% da produção nacional.

No 2; trimestre de 2020, o saldo do setor mineral, de quase US$ 6 bilhões, correspondeu a cerca de 33% do saldo Brasil (US$ 18 bilhões). As exportações do setor no mesmo período totalizaram aproximadamente US$ 7 bilhões (14% das exportações brasileiras), e as importações, cerca de US$ 1,5 bilhão (4% das importações brasileiras).

O consolidado do 1; semestre de 2020 revela que as exportações de minérios tiveram ligeira queda de 3% na comparação com igual período de 2019, e as importações caíram 31%.

Ao avaliar o impacto positivo da mineração na balança comercial, Wilson Brumer, presidente do Conselho Diretor do Ibram, diz que, desde o início da pandemia, as mineradoras adotaram severas medidas de prevenção, de contenção e de combate à covid-19.

[SAIBAMAIS];Assim, conseguiu manter praticamente estáveis os níveis de produção. Se o setor tivesse interrompido suas funções ; como ocorreu em outros países ; a crise econômica alimentada pela pandemia seria bem mais aguda no Brasil;, avalia o dirigente.

Segundo Flávio Ottoni Penido, diretor-presidente do Ibram, há cautela quanto às perspectivas, porque a pandemia não está 100% sob controle. Porém, há indicadores positivos a serem levados em conta: ;Os mercados compradores estão em fase de retomada das atividades, então os minérios brasileiros voltam a ter demanda aquecida e preços em elevação. Isso é muito positivo para os municípios mineradores e suas regiões".
*Estagiário sob supervisão de Fernando Jordão

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação