Jornal Correio Braziliense

Economia

Prova de vida para beneficiários do INSS vai aceitar 'selfie'

Ideia do Instituto é fazer com que a obrigação do segurado, que é anual, possa ser realizada a distância, para evitar que aposentados e pensionistas se aglomerem nas agências

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai pedir ;selfie; para prova de vida de aposentados. Essa nova comprovação à distância, com reconhecimento facial, começará a valer a partir de agosto e a explicação é evitar aglomeração de pessoas nas agências, uma vez que a pandemia do novo coronavírus não está debelada. A novidade tem o objetivo de preservar aposentados, pensonistas e pessoas do grupo de risco, desobrigando-as da confirmação presencial.

Pelo celular, os beneficiários poderão tirar a própria foto, enviar para o INSS e aguardar a verificação. Por enquanto, a iniciativa é um projeto-piloto para uma pequena parte dos beneficiários, cerca de 550 mil pessoas ; o INSS tem aproximadamente de 35 milhões de aposentados e pensionistas.

[SAIBAMAIS]Aposentados e pensionistas precisam efetuar anualmente a prova de vida do INSS. Porém, por causa da covid-19, a obrigatoriedade foi suspensa até 30 de setembro. No ano passado, começou a ser possível fazer a comprovação através do aplicativo Meu INSS, também sendo possível fazer através do site do Instituto.

Por meio de nota, o INSS informou que ;o piloto da prova de vida digital, através da biometria facial, terá início em agosto;. O aplicativo do Meu INSS acessando o site e pela loja de aplicativos disponível no celular do segurado.

Fontes do Instituto afirmam que, para evitar fraudes, deverá ser feita a comparação das selfies com documentos com fotos, como a Carteira de Identidade ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que precisa ser atualizada a cada três anos para quem tem mais de 65 anos. Também vem sendo avaliada a possibilidade de o aposentado ir uma única vez ao INSS para cadastrar a imagem e depois fazer a prova de vida à distância.