Economia

Governo amplia prazo para saque do Bolsa Família até o fim do ano

Benefício poderá ser sacado até o fim do ano devido à pandemia de covid-19

Marina Barbosa
postado em 24/07/2020 17:38
Benefício poderá ser sacado até o fim do ano devido à pandemia de covid-19O governo federal ampliou o prazo de saque dos benefícios do Bolsa Família devido à pandemia do novo coronavírus. Com isso, o recurso vai ficar disponível para saque da conta do beneficiário até o fim do ano.

Hoje, os brasileiros têm até 90 dias para sacar o Bolsa Família a partir do momento em que o dinheiro é depositado em conta, o que acontece sempre nos últimos dez dias úteis do mês. Caso não cumpra o prazo, o beneficiário perde o recurso, pois ele é devolvido pela Caixa à União.

Muitos segurados, no entanto, precisam se deslocar para cidades vizinhas para ter acesso a uma agência da Caixa Econômica Federal, que é a responsável pelo pagamento do Bolsa Família e já tem recebido um grande volume de brasileiros nesse período de pandemia por conta do auxílio emergencial.

[SAIBAMAIS]Por isso, o governo decidiu estender o prazo de saques do Bolsa Família durante a pandemia do novo coronavírus. Portaria publicada nesta sexta-feira (24/07) pelo Ministério da Cidadania diz que os "benefícios financeiros do Programa Bolsa Família à disposição de seus titulares [...] enquanto perdurar o estado de calamidade pública nacional".

A portaria n; 444 ainda determina que "a prorrogação incidirá em todas as parcelas do Bolsa Família pagas que ainda estejam válidas". Ou seja, se ainda não sacou o benefício do mês passado, por exemplo, o cidadão também poderá efetuar o saque até o fim do estado de calamidade pública, previsto para durar até o fim do ano.

"Se o beneficiário recebeu o Bolsa em abril e ainda não fez o saque, pelas regras do programa o valor retornaria à União em julho. Com essa portaria, isso não acontecerá. Agora, ele segue disponível", explicou a secretária de Renda de Cidadania do Ministério da Cidadania, Fabiana Rodopoulos.

A pasta destacou que a portaria também vale para os segurados do Bolsa Família que estão recebendo o auxílio emergencial durante a pandemia do novo coronavírus. "No caso dos beneficiários que passaram a receber o auxílio emergencial do governo federal, serão 270 dias (nove meses) para efetuar o saque. Todos os que recebem por meio da Conta Fácil ou Conta Poupança terão o benefício depositado normalmente", informou o Ministério da Cidadania, em nota.

"É mais uma ação do governo federal para enfrentar a situação de emergência e proteger a parcela mais vulnerável da população", comentou Fabiana Rodopoulos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação