Apresentado por:

Publicidade

Correio Braziliense

Há 50 anos inovando a educação

Leonardo da Vinci celebra meio século de vida aliando tradição a uma educação moderna, que prioriza os valores humanos e a excelência acadêmica


postado em 28/09/2019 08:00 / atualizado em 27/09/2019 19:59



Tradição que se renova. Assim é o Leonardo da Vinci. Comemorando 50 anos em 2019, a escola faz questão de não parar no tempo, proporcionando uma educação inovadora que incorpora aulas diferenciadas à rotina escolar dos estudantes. Desta forma, consegue potencializar as habilidades das crianças, dos adolescentes e dos jovens por meio das novas dinâmicas de aula, robótica, da horta, da música e das aulas de xadrez, entre outras atividades. 

O Programa Bilíngue também chegou, em 2019, ofertando cinco aulas semanais de inglês. O programa potencializa o aprendizado da língua inglesa e contribui para formação de cidadãos globais. 
A educação oferecida pelo Leonardo da Vinci, do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, aponta o caminho para os alunos enfrentarem e vencerem desafios, vivendo em equilíbrio pessoal com o meio ambiente e com o próximo. Para isso, conta com os conhecimentos e os exemplos dados pelos professores, pela equipe pedagógica, por funcionários e diretores.

 No Leonardo da Vinci, a ação de educar envolve ainda o confronto de ideias e a resolução de conflitos, condições fundamentais para o aluno se desenvolver plenamente e descobrir o que há de melhor em si mesmo e no outro. Assim, a escola contribui para a formação de jovens éticos, competentes, solidários e felizes. 
Para isso, conta com projetos como o “Para Ser +”, que promove o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, do autoconhecimento, da autogestão e do pensamento crítico, além de preparar os alunos para os desafios da vida, criando hábitos de estudo e de organização que contribuem para uma maior produtividade. Ou o “Juntos Por Um Mundo Melhor”, projeto que envolve o estudante, a família e a escola em ações que despertem a consciência cidadã, como campanhas de responsabilidade social, de educação sustentável, de combate à corrupção e de valorização da vida. 

Com a visão de ser “a escola da sua vida”, o Leonardo da Vinci também transforma a visão e os valores da instituição em resultados práticos. Por isso, em 2018/2019, obteve 904 aprovações nas melhores universidades do Brasil, sendo 507 na Universidade de Brasília (UnB). Só em Medicina, o Leonardo da Vinci conseguiu 47 aprovações no período. E, entre os que conquistaram vaga no ensino superior, 28 ficaram em primeiro lugar nas seleções. A excelência no ensino passa pela estrutura oferecida aos alunos. Nas três unidades educacionais —Sul, Norte e Taguatinga—, os alunos dispõem de modernas dependências, tais como: laboratórios de Física, de Química, de Biologia e de Tecnologias Educacionais, bibliotecas com bom acervo e computadores conectados à internet, auditórios, projetores multimídia nas salas de aula, salas de projeção equipadas com áudio e vídeo, salas de estudos, de arte, de música, de xadrez, de robótica e quadras poliesportivas. 

O Leonardo da Vinci ainda estimula e promove, todos os anos, atividades e projetos que visam acelerar a descoberta dos potenciais de seus alunos, como o ONU Vinci, em que os estudantes participam de simulações de comitês da ONU, nas quais são desenvolvidas habilidades de liderança, oratória e negociação. O projeto proporciona também interação com alunos da UnB e conhecimento de futuras áreas de atuação profissional.