Publicidade

Correio Braziliense

Mulheres provocam menos acidentes fatais no trânsito do que homens, diz pesquisa

No total, mais de 684 mil mulheres estão habilitadas no DF. O número representa 39% do total de condutores


postado em 21/04/2019 06:00 / atualizado em 20/04/2019 14:13

Apenas 6,6% motoristas morreram em acidentes de trânsito, enquanto 86,8% foram homens.(foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)
Apenas 6,6% motoristas morreram em acidentes de trânsito, enquanto 86,8% foram homens. (foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)

No ano passado, 378 motoristas morreram em acidentes de trânsito nas vias que cortam o Distrito Federal. A grande maioria, 86,8% foram homens enquanto 6,6% mulheres. Nos demais casos, o sexo das vítimas não foram informados. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP) e mostram que os homens morreram 13 vezes mais do que as mulheres. Atualmente, mais de 684 mil mulheres estão habilitadas no DF, ou seja, 39% do total de condutores.
 
Os números não são exceção. As estatísticas compiladas desde 2013 mostram que em todos os anos, a diferença entre vítimas do sexo masculino e feminino é grande. Enquanto no ano passado, 328 homens e 25 mulheres morreram ao volante, em 2017, a proporção foi de 301 para 49. No ano anterior, 434 homens para 49 mulheres.

Veja o número de condutores mortos no DF

2013
Homens: 479 (89,4%)
Mulheres: 29 (5,4%)
Não Informado: 28 (5,2%)

2014
Homens: 464 (85,2%)
Mulheres: 58 (10,6%)
Não Informado: 22 (4,2%)

2015
Homens: 440 (86,4%)
Mulheres: 41 (8,1%)
Não Informado: 28 (5,5%)

2016
Homens: 434 (83%)
Mulheres: 49 (9,4%)
Não Informado: 40 (7,6%)

2017
Homens: 301 (82%)
Mulheres: 49 (13,4%)
Não Informado: 17 (4,6%)

2018
Homens: 328 (86,8%)
Mulheres: 25 (6,6%)
Não Informado: 25 (6,6%)

Publicidade

EXPEDIENTE


Diretora de Redação:

Ana Dubeux

Editores executivos:

Vicente Nunes

Plácido Fernandes

Edição:

Mariana Niederauer

Desenvolvimento web:

Christiano Borja

Elielson Ribeiro Macedo

Luiz Filipe Azevedo de Lima