Blocos e escolas de samba enlouquecerão os foliões no Rio de Janeiro

Haverá esquema especial de transporto e reforço policial no carnaval mais popular do mundo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/01/2013 10:11

Fotos: Riotur/Divulgação

O Rio de Janeiro ferve em fevereiro. Uma semana antes do Carnaval, o comércio já não é o mesmo e, na sexta-feira, todo mundo sai do trabalho mais cedo. Nas ruas, os turistas e os moradores vivem o ritmo agitado da festa. Uma multidão toma as calçadas e pistas para pular atrás dos blocos. Nas quadras das escolas de samba, os ensaios anunciam um espetáculo que a televisão tenta transmitir, mas só quem está lá é capaz de sentir a verdadeira vibração do público, da bateria e dos passistas. Os sambas-enredo, que ecoam no Sambódromo, dividem espaço com as marchinhas políticas, adultas, infantis e de hits nacionais e internacionais, que trios e percussionistas tocam nas avenidas.


A RioTur, empresa de turismo vinculada à Secretaria municipal, espera receber 900 mil pessoas durante os dias de festa e, para isso, promove um esquema especial de transporte, limpeza e segurança. O metrô funcionará 24 horas, a partir de 8 de fevereiro, até a quarta-feira de cinzas. Banheiros químicos ficam espalhados onde há grande circulação de pessoas. Todo ano, há policiamento especial nos blocos autorizados pela prefeitura. Em 2012, mais de mil foliões foram detidos por urinar na rua. Se você não gosta das cabines químicas, recorra aos bares e restaurantes, que costumam cobrar uma taxa para quem não é cliente.


O folião que deseja curtir o carnaval sem pagar nada pode aproveitar alguns dos cerca de 492 blocos que percorrem a cidade. Como são muitas opções, recomenda-se conferir antes o estilo de cada um e montar um cronograma. Enquanto a prefeitura não libera a agenda oficial, que deve sair nessa semana no www.rioguiaoficial.com.br, alguns sites, como o www.wikirio.com.br e o www.diariodorio.com, especulam os trajetos e horários. Dos mais tradicionais — como o Cordão da Bola Preta, que reuniu 2,3 milhões de pessoas no ano passado, e o Céu na Terra, famoso pela presença de famílias inteiras e grupos de amigos caprichosamente fantasiados — até os temáticos, como o AfroReggae, o Sargento Pimenta, que homenageia os Beatles, e o Toca Rauuul, para quem duvida que rock combina com carnaval.

Carrossel
Uma grande promessa para 2013 é o Carrossel de Emoções, que se intitula o “primeiro bloco de funk do Brasil” e resgata os sucessos da década de 1990. A pré-estreia do grupo foi em Brasília, em setembro, e a repercussão nacional tem sido tão grande que culminou na participação dos integrantes em um programa dominical da TV aberta.


Apesar de os blocos mais famosos arrastarem milhares de pessoas, há quem prefira os menores, com marchinhas engraçadas e um misto de percussionistas amadores e profissionais. Os curiosos nomes já dão uma ideia de como tudo é criado de maneira descontraída, nem por isso, menos séria: Suvaco do Cristo, Simpatia é quase amor, Que merda é essa?!, Bangalafumenga, Visita fofoqueira, Meu bem, volto já, entre outros.

Além dos blocos, fique de olho nas baladas e nos bailes carnavalescos que movimentam a noite. A Lapa e os clubes espalhados pela cidade são palco para festas, shows ao vivo, de graça ou pagos, e bailinhos sofisticados, cujos preços oscilam entre R$ 200 e R$ 300. O mais luxuoso é, sem dúvida, o do Copacabana Palace, que ocorre no sábado e atrai celebridades. O ingresso mais barato é de R$ 1.750, por pessoa, inclui jantar e bebidas.


Mapa da folia

Desfile das escolas de samba
A Rio Máximo é uma das agências de turismo que vende os ingressos para o desfile na Sapucaí. Os interessados pagam antecipadamente 50% do valor, por meio de depósito bancário, e 50% na loja, em Copacabana, quando retiram os bilhetes. Há opção de pacote, com guia e transporte, que passa na orla do Leblon, de Ipanema e de Copacabana. Para os mais animados, que quiserem adquirir uma fantasia e participar do desfile, a agência indica o contato dos diretores das escolas de samba para negociação direta com as agremiações. O preço para garantir um espaço no grupo especial sai a partir de R$ 800. Acesse www.riomaximo.tur.br ou ligue no (21) 3185-4142. Para assistir de camarote, consulte o www.camarotecarnaval.com/rio/.

Noite de gala
Baile de carnaval do Copacabana Palace – Sherazade Magic Ball
Sábado, 9 de fevereiro, a partir das 23h. Os valores dos ingressos variam entre R$ 1.750 e R$ 4,2 mil por pessoa. Mais informações no departamento de alimentos e bebidas do hotel no telefone (21) 2545-8790 ou pelo e-mail carnaval@copacabanapala ce.com.br.

Baile Scala Rio
Av. Treze de Maio, 23, Cinelândia, Rio de Janeiro
(21) 2239-4448
A agenda está lotada para o carnaval. A festa do sábado conta com a escola de samba Mangueira; no domingo, tem o baile da cidade maravilhosa; na segunda, o baile da cerveja Boa; e, na terça, a Gala Gay. Os ingressos variam entre R$ 90 e R$ 260.

Bbaile de máscaras Vivo Rio
Av. Inf. Henrique 85, Parque do Flamengo, Rio de Janeiro
(21) 2272-2900
Com a presença de DJs, grupo de samba, banda de marchinhas, a bateria da Mangueira e Ivo Meirelles, o evento reúne cerca de 5 mil pessoas no sábado de carnaval. O preço varia entre R$ 40 (mulheres) e R$ 50 (homens) ou R$ 120 (camarote).

Confira vídeos sobre os blocos e escolas

Sargento Pimenta

Bloco da Preta

Mangueira

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.