Carnaval de Brasília espera receber 100 mil pessoas neste ano

Por uma passarela de 300 metros, a ser construída no estacionamento do Nilson Nelson, passarão as escolas de samba do DF. O novo local abrigará seis blocos de arquibancadas, camarotes e praça de alimentação, e a segurança terá 2.325 policiais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/01/2013 07:10 / atualizado em 24/01/2013 07:59

Daniel Ferreira/CB/D.A Press

Seiscentas toneladas. Esse é o peso total das estruturas necessárias para montar o carnaval no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson, depois de oito anos de desfiles em Ceilândia — região administrativa a 26km da capital. Pela Passarela da Alegria, com 300 metros de extensão, está confirmada a presença no desfile de 20 agremiações filiadas à União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo do Distrito Federal (Uniesbe).


O evento este ano ocorre entre 9 e 12 de fevereiro e também abrange a comemoração no Gran Folia, com concentração dos blocos tradicionais na área externa da Biblioteca Nacional. Ao todo, são esperadas 100 mil pessoas por dia nos dois pontos. O custo da festa é de R$ 5,6 milhões.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Sérgio
Sérgio - 25 de Janeiro às 08:16
Carnaval em Brasília, Samba, Povo Feio, Muita Cachaça, Arruaça, Sujeiras, Drogas, Grana $$$ e muito trabalho para o PM. Que beleza!!!
 
Rodrigo
Rodrigo - 25 de Janeiro às 07:52
R$ 5,6 milhões para o "carnaval" de candangos?!?!?! KKKKKKKKKKKKK
 
Henrique
Henrique - 24 de Janeiro às 18:40
A Secretarias de Saúde, Educação e Segurança, já tem suas verbas disponíveis, NÃO tem nada haver com a verba destinada a Secretaria de Cultura. Carnaval é uma festa popular em todas capitais brasileiras. Ê povim baixo astral heim...
 
jose
jose - 24 de Janeiro às 17:31
Apesar de ñ gostar de carnaval,devo discordar dos srs. Carnaval é uma tradição no brasil.Em cada estado,municipio existe um pouco desta cultura;vcs que criticam este e evento e sua verba,vão para um spa,ou se tranquem em suas igrejas e enriqueçam seus pastores.
 
Ricardo
Ricardo - 24 de Janeiro às 13:54
Vão perturbar a tranquilidade de todos no plano para ver este Carnaval ultrassado, ridículo e pobre de Brasília. Ainda bem que a maioria viaja e não passa raiva. Eta dinheiro jogado fora.
 
Fabiola
Fabiola - 24 de Janeiro às 11:55
kkkkkkkkkkkkkkkkk
 
natan
natan - 24 de Janeiro às 11:36
Ainda bem que isso saiu da Ceilândia. Paz, silêncio e sossego no carnaval na Cei...
 
Otília
Otília - 24 de Janeiro às 10:58
Tanto dinheiro gasto com carnaval, essa verba poderia ser gasta com a saúde que desfila tão precariamente na passarela da vida dos brasilienses, afinal sem saúde como vai ser a diversão dos foliões???????
 
Fábio
Fábio - 24 de Janeiro às 10:50
ATÉ QUANDO MEU DEUS! O POVO FICARÁ SEDADO PELA POLÍTICA DO "PÃO E CIRCO". É LIBERADO VERBA PARA ESTE DESPERDÍCIO, MOBILIZADO POLICIAIS QUE PODERIAM ESTÁ EM LOCAIS MAIS PERIGOSOS E UMA MINORIA PRIVILEGIADA COM ESTA CULTA ANTI-CULTURA QUE É O CARNAVAL.
 
Fabiola
Fabiola - 24 de Janeiro às 09:09
Olha só: O custo da festa é de R$ 5,6 milhões. Me diz porquê,não investi em educação ou saúde??? Que mundo....