Operários fazem últimos retoques na arena do carnaval

No local passarão as alas e os carros de 20 escolas de samba e blocos de enredo. Nas arquibancadas, haverá lugar para 7,5 mil pessoas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/02/2013 06:05

Bruno Peres/CB/D.A Press


Às vesperas do início da festa, é intensa a movimentação na Passarela da Alegria, montada no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson. Enquanto cerca de 300 operários fazem os últimos retoques na arena, na qual 40 mil pessoas devem pular o carnaval, as escolas de samba começam a ocupar seus postos e a encher de cor o Eixo Monumental. Ao todo, 20 agremiações vão abrilhantar os quatro dias de folia — que retorna ao Plano Piloto após oito anos no Ceilambódromo, em Ceilândia.


Torres de jurados, camarotes e arquibancadas — com capacidade para 7,5 mil pessoas por dia — estão quase prontos. Na tarde de ontem, funcionários como o baiano Augusto Domingues, 50 anos, terminavam de pintar de branco os 300 metros da pista por onde passarão carros alegóricos e passistas dos grupos especial e de acesso, além dos blocos de enredo.

No rosto protegido por um chapéu, aparecia o orgulho de participar da festa. “É muito bom fazer parte disso aqui. Quando era lá no Ceilambódromo, eu trabalhava de dia e assistia aos desfiles à noite com a minha mulher”, comenta o morador de Ceilândia, que ajuda na organização do carnaval brasiliense pelo terceiro ano consecutivo.

Dessa vez, no entanto, o pai de dois filhos não terá a companhia da mulher no feriadão, porque vai trabalhar também durante o evento. Ao lado dos colegas Robson Almeida, 18 anos, e Fernando Noleto, 22, ajudará os integrantes das escolas durante o percurso.

Mesmo sem poder cair na folia, o trio mantém a animação. “É gratificante estar aqui e ver tudo ficar pronto”, conta Robson. “É legal trabalhar em um evento desses. É mais um atrativo para a cidade”, emenda Fernando, que vai passar os quatro dias no alojamento montado ao lado do Estádio Mané Garrincha. “Não sei se vou ter tempo para aproveitar o desfile, mas vou tentar”, planeja.

Camarins
O retorno das apresentações das escolas de samba ao Plano ocorrerá em grande estilo. A arena terá 35.300 m² e contará com praça de alimentação, tendas do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Vara da Infância; postos de atendimento médico e plataforma para monitoramento do público.

O espaço reunirá ainda palco para shows, camarins, sala de produção e área para portadores de necessidades especiais. Estarão à disposição do público 300 banheiros químicos.

Para armar toda essa estrutura, que pesa 600 toneladas, o governo investiu R$ 5,6 milhões. O valor foi distribuído entre as 20 escolas cadastradas, montante um pouco superior ao aplicado no ano passado. Em 2012, o GDF repassou
R$ 5,2 milhões para 19 agremiações.

Agora, quatro comunidades fazem parte dos blocos de enredo, que abrem a folia no sábado; 10 equipes estão no grupo de acesso, no domingo e na segunda; e seis agremiações compõem o grupo especial, na terça-feira.



Trânsito
A fim de evitar transtornos nas vias do DF, o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER) vai intervir em três regiões. O Eixão fecha no domingo e na terça-feira, entre as 6h e a 0h, mas funciona na segunda e na quarta. Na Estrutural, a inversão de pistas ocorrerá no fim da tarde de quarta-feira. Já na quinta-feira, o sistema volta ao normal. No Colorado, não haverá operação de inversão de segunda a quarta, mas na quinta-feira, tudo volta ao normal.

Agremiações
Veja quando a sua escola vai desfilar

SÁBADO
Blocos de enredo
» Unidos de Planaltina: das 21h às 21h40
» Gigante da Colina: das 22h10 às 22h50
» Acadêmicos do Riacho Fundo 2: das 23h20 à 0h
» Projeto Colibri de São Sebastião: da 0h30 à 1h10

DOMINGO
Grupo de acesso
» Unidos do Varjão: das 20h às 20h50
» Candangos do Bandeirante: das 21h20 às 22h10
» Capela Imperial: das 22h40 às 23h30
» Mocidade de Valparaíso de Goiás: da 0h à 0h50
» Império do Guará: da 1h20 às 2h10

SEGUNDA-FEIRA
Grupo de acesso
» Unidos da Vila Paranoá: das 20h às 20h50
» Unidos da Vila Planalto: das 21h20 às 22h10
» Aruremas: das 22h40 às 23h30
» Dragões de Samambaia: da 0h à 0h50
» Unidos do Riacho Fundo 1: da 1h20 às 2h10

TERÇA-FEIRA
Grupo especial
» Acadêmicos de Santa Maria: das 19h30 às 20h30
» Mocidade do Gama: das 21h às 22h
» Acadêmicos da Asa Norte: das 22h30 às 23h30
» Águia Imperial de Ceilândia: da 0h à 1h
» Aruc: das 1h30 às 2h30
» Bola Preta de Sobradinho: das 3h às 4h

Alteração nas vias

Eixão (DF-002)
Fecha no domingo e na terça-feira, entre as 6h e a 0h. Na segunda e na quarta, funciona normalmente.

Estrutural (DF-095)
Não haverá inversão das pistas na segunda. Na quarta, a troca ocorrerá apenas no fim da tarde e,
na quinta, funciona normalmente.

Colorado (DF-003)
De segunda a quarta, não haverá operação de inversão na subida do Colorado. A operação voltará ao normal na quinta-feira.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Edilmir
Edilmir - 08 de Fevereiro às 13:03
5.6 miliões para escolas de samba do DF imitaraem o Rio. Essa quantia daria para equipar eou reformar pelo menos 10 escolas verdadeiras. Isso é Brasil, o cavaco chora no carnaval e o povo chora durante o ano todo!!!