Carnaval, maior festa popular do país, começa nesta sexta-feira

No Recife, o maracatu abre o carnaval no Marco Zero. Em Salvador, os trios estão nas ruas desde ontem. Em São Paulo, o destaque é o primeiro dia de desfile das principais escolas. No Rio, a sexta-feira terá blocos e escolas do grupo de acesso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/02/2013 06:08 / atualizado em 08/02/2013 07:25

Helder Tavares/DP/D.A Press

“O maracatu é uma África que só deu em Pernambuco e é muito forte, é um trovão que sai do fundo da terra pro fundo do céu”, poetiza o músico pernambucano Naná Vasconcelos, que abre esta noite o carnaval recifense pela 12ª vez consecutiva — só que, desta vez, ele é um dos homenageados da festa, juntamente com o fotógrafo Alcir Lacerda. O percussionista comandará mais de 500 batuqueiros, de 10 nações de maracatu, a partir das 19h, em percurso da Rua da Moeda ao palco montado no Marco Zero, no centro da cidade, onde receberá o cantor Milton Nascimento e a jovem musa da música portuguesa, a cantora Carminho. No eclético repertório, o público poderá ouvir desde ritmos pernambucanos à música erudita de Villa-Lobos.


O maestro explica, cantando, que a base percussiva do maracatu é aguda, e os solos, graves. Ao contrário do que ocorre em outros ritmos, como o samba. “No samba, você tem os improvisos agudos da cuíca, repinique ou pandeiro. No maracatu, a base aguda dá sustentação aos solos graves de alfaia, é isso que gera o treme-terra”.

Para quem não aguenta esperar até a noite para cair na folia, uma boa opção é acompanhar o desfile das Bruxas de Olinda. O grupo trabalha com causas como a violência sexual e doméstica, e exclui do repertório qualquer música que faça menções machistas. A concentração será às 15h30, no Largo do Amparo.

Leia mais em Carnaval 2013

Abrindo oficialmente o carnaval de Olinda, no Fortim do Queijo, se apresentarão, a partir das 19h, o músico Nena Queiroga, o grupo Som da Terra — lançando o álbum Tapete Voador — e o Maestro Forró, acompanhado pela Orquestra Popular da Bomba do Hemetério.

Em Salvador, todos os olhares estarão voltados para as aparições do cantor sul-coreano Psy, sensação mundial em 2012 com a música Gangnam Style, primeiro vídeo a superar 1 bilhão de visualizações no Youtube. Ele dará uma canja na Varanda Elétrica do camarote Expresso 2222, de Gilberto, Flora e Preta Gil. O espaço permite que o astro seja visto também pelo público “pipoca”, como são conhecidos os foliões que brincam de graça na rua. Depois de cantar com a família Gil, Psy embarcará no trio da cantora Claudia Leitte, onde fará uma versão de sua música de sucesso, com o refrão adaptado para uma ação promocional da empresa que patrocina a vinda do sul-coreano ao carnaval brasileiro.
Para curtir a folia em Salvador, vale também acompanhar as atrações gratuitas dos circuitos Dodô e Osmar. O primeiro levará para a Barra a cantora Ludmila Anjos e outros participantes do programa The Voice Brasil. O segundo, no Campo Grande, terá o Trio Mirage com a sua Polimania, bloco da polícia militar baiana.

Na rua e de graça

O carnaval carioca trará ao longo do carnaval deste ano 492 blocos de rua para quem quer se divertir sem gastar nada. A gratuidade dos blocos, aliás, foi decretada pelo prefeito Eduardo Paes, na quarta-feira, que proibiu áreas vips ou cordões para separar os foliões. Entre os blocos que caem na gandaia hoje estão Carmelitas, em Santa Teresa; Embaixadores da Folia, no Centro; e Boêmio da Lapa, no bairro boêmio homônimo, todos saindo às 19h. Uma hora depois, é a vez dos blocos Rola Preguiçosa e Tarde mas Não Falha, com concentração na Lagoa; e Vem Ni Mim que Sou Facinha, no Arpoador, todos na Zona Sul.

Também começam esta noite os desfiles na Marquês de Sapucaí, a partir das 23h15. Até ontem à noite, quase 4 mil ingressos ainda estavam disponíveis para acompanhar as nove escolas do Grupo de Acesso, que passarão pelo Sambódromo no primeiro dia de desfiles. Os preços variam de R$ 10 a R$ 900.

Em São Paulo, a Banda do Trem Elétrico encerra hoje os festejos gratuitos, com concentração às 19h30 no cruzamento das ruas Augusta e Luís Coelho, de onde parte para o Theatro Municipal de São Paulo. O nome do bloco vem de seus fundadores, todos funcionários do metrô.

Às 23h, começa o desfile das grandes escolas de samba paulistas no Sambódromo do Anhembi. Esta noite, se apresentarão Acadêmicos do Tatuapé, Rosas de Ouro, Mancha Verde, Vai-Vai, X-9 Paulistana, Dragões da Real e Águia de Ouro. Os ingressos custam a partir de R$ 40.

Agenda da folia – hoje:


São Paulo
Desfiles do grupo especial
23h15: Acadêmicos do Tatuapé, Rosas de Ouro, Mancha Verde, Vai-Vai, X-9 Paulistana, Dragões da Real e Águia de Ouro
Blocos de rua
19h30: banda do Trem Elétrico na rua Augusta.

Rio de Janeiro
Desfile do grupo de acesso
23h15: Unidos do Jacarezinho, Porto da Pedra, Santa Cruz, Vila Santa Teresa, União do Parque Curicica, Estácio de Sá, Alegria da Zona Sul, Acadêmicos da Rocinha, Unidos do Viradouro

Blocos de Rua
19h: Carmelitas, Embaixadores da Folia, Boêmios da Lapa
20h: Rola Preguiçosa – Tarda mas Não Falha, Vem Ni Mim que Sou Facinha

Recife
Marco Zero
19h25 – Abertura oficial – 10 nações de maracatus, sob a regência de Naná Vasconcelos
20h50- Show de frevo com a Orquestra Popular do Recife, sob a regência do maestro Ademir Araújo
22h40 –Shows com Fafá de Belém, Otto, Roberta Sá, Lenine e outras atrações

Salvador
16h- Trios nos circuitos Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho)
20h – Varanda Elétrica do Camarote Expresso 2222, com show com o cantor
sul-coreano Psy, além de Claudia Leitte e Gilberto Gil
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.