Ministério inicia campanha nacional de prevenção às DSTs no carnaval de SP

Campanha pretende chamar a atenção sobre a prevenção, estimulando as pessoas a usarem preservativo durante a relação sexual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/02/2013 18:01

São Paulo – As ações para divulgar a campanha de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) do carnaval deste ano terão início na noite desta sexta-feira (8/2), em São Paulo. Com o lema A Vida é Melhor sem Aids. Proteja-se. Use sempre a Camisinha, o Ministério da Saúde pretende chamar a atenção sobre a prevenção, estimulando as pessoas a usarem preservativo durante a relação sexual.


Para o carnaval deste ano, o ministério distribuiu 73 milhões de camisinhas em todo o Brasil. Deste total, 11,9 milhões de camisinhas foram entregues aos municípios paulistas para serem distribuídos para a população durante o carnaval.

Para divulgar a campanha, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, estará no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital, acompanhando a abertura oficial do Carnaval paulista, às 20h40. O ministro também irá a Recife, Olinda, Salvador e Rio de Janeiro.

Leia mais notícias sobre o Carnaval 2013

Também durante o carnaval, o ministério vai realizar a campanha Fique Sabendo, em várias cidades do país. Segundo o ministério, a ação visa aumentar o acesso da população à prevenção e ao diagnóstico oportuno, com a realização de testes para HIV, sífilis e hepatites B e C.

As pessoas que receberem o diagnóstico positivo serão encaminhadas para os serviços de referência. Os exames serão feitos em unidades móveis em locais como praças, feiras e eventos e durante o ano todo em ambulatórios e unidades básicas de saúde.

Estima-se que 530 mil pessoas vivam com HIV e aids no país, sendo que 135 mil delas nunca realizaram o teste.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.