Especial Publicitário - Senai

Primeiro dia de Mostra Brasília tem boa presença de público

Para um Cine Brasília lotado, a diretora Adriana Vasconcelos pediu mais atenção de governantes para o cinema

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/09/2014 19:16 / atualizado em 19/09/2014 13:30

Mariana Vieira
 

 

A Mostra Brasília, evento paralelo dentro da programação do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, começou nesta quinta (18/9), com exibição de curtas e longas-metragens produzidos por cineastas da cidade. As fitas concorrem ao troféu Câmara Legislativa e a R$ 200 mil em prêmios divididos em dez categorias.



Com o Cine Brasília lotado, o curta Doce de goiabada, de Fernanda Rocha, será a primeira atração da sessão. A produção leva temas leves como infância e amor à telona.

A noite segue com os curtas Jogos indígenas, de Thiago Frade e Alexandre Magno, Submersa, de Lara Campedelli, Fragmento, de Adriana Vasconcelos, e Rua J, de Gustavo Serrate.

Ao subir no palco para apresentar seu filme, Adriana fez um apelo aos candidatos a cargos públicos neste ano: "Gostaria que eles abrissem o diálogo com a gente do cinema. Independente do partido, seria bom saber quais são as propostas para o setor do audiovisual, que é lucrativo".

 

Já Lara Campedelli, de Submersa, lembrou que foi no Festival que ela assistiu a seu primeiro curta-metragem e se disse emocionada de voltar ao evento

 

Diretor de Jogos indígenas, uma visão antropológica do esporte, Thiago Frade ressaltou que sua obra é para "mostrar que índio não é tudo igual. Cada um tem sua história."

 

 

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.