Cuba está disposta a colaborar mais com EUA para ajudar Haiti

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/01/2010 19:36

HAVANA - Cuba manifestou a sua vontade de cooperar com os Estados Unidos para ajudar as vítimas do devastador terremoto no Haiti, permitindo a utilização de sua infraestrutura médica pelos norte-americanos, após abrir seu espaço aéreo para aviões com ajuda humanitária. "Cuba está disposta a cooperar com todas as nações na área, incluindo os Estados Unidos, com o objetivo de ajudar o povo haitiano e salvar mais vidas", afirmou a diretora do Departamento de América del Norte da Chancelaria, Josefina Vidal. Vidal, em declarações concedidas à AFP pelo gabinete de imprensa da Chancelaria, destacou, como parte dessa colaboração, a autorização de Cuba "de forma imediata após a solicitação" dos Estados Unidos para que sobrevoassem seu espaço aéreo a fim de acelerar a chegada de ajuda ao Haiti. O acordo permitirá a realização de voos de evacuação médica a partir da base naval norte-americana em Guantánamo, sudeste da ilha, para Miami (sul dos Estados Unidos), encurtando cada voo em 90 minutos. A secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton agradeceu o gesto. Cuba autorizou os Estados Unidos a sobrevoarem seu espaço aéreo pelo menos uma vez na última década, após o atentado contra as Torres Gêmeas em Nova York, no dia 11 de setembro de 2001. Vidal comentou que "Cuba tem a infraestrutura necessária" no Haiti para ajudar a socorrer as vítimas, e que médicos de outros países, incluindo os norte-americanos, podem usá-la.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.