Conselho de Segurança da ONU aprova enviar mais 3.500 homens ao Haiti

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/01/2010 13:45

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) autorizou nesta terça-feira (19/01) o envio de 3,5 mil homens ao Haiti, conforme solicitou ontem (18) o secretário-geral Ban Ki-moon.


Por unanimidade, o conselho decidiu aumentar o contingente militar da Missão de Estabilização do Haiti (Minustah) para 8,9 mil soldados e as forças policiais para 3,7 mil homens. Ontem, Ban Ki-moon havia declarado que a missão precisaria de mais 2 mil soldados e 1,5 mil policiais.

As tropas extras vão auxiliar na escolta aos comboios de ajuda humanitária, na manutenção da segurança e na assistência à população atingida pelo terremoto do último dia 12.

Segundo nota da ONU, cerca de 800 soldados já foram recebidos na República Dominicana e seguirão imediatamente para o Haiti. O site da organização, contudo, não divulgou a nacionalidade dos soldados que já seguiram para o país, nem a do novo contingente que foi aprovado hoje pelo conselho de segurança.

Ao todo, 18 nações têm militares servindo à Minustah, sob o comando do Brasil. Ontem, o chanceler Celso Amorim já havia anunciado que as Forças Armadas têm condição de dobrar o número de brasileiros no país, caso seja solicitado pela ONU.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.