Shakira construirá escola no Haiti; estrelas preparam evento beneficente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/01/2010 08:41

A cantora colombiana Shakira anunciou nesta quinta-feira (21/01) que sua Fundação Pés Descalços construirá uma nova escola no Haiti. "Há uma necessidade urgente de assistência humanitária no Haiti, mas devemos também planejar as metas de reconstrução a longo prazo", disse Shakira em um comunicado. A cantora disse que sua intenção é "dar uma oportunidade às crianças afetadas pelo desastre de aprender e prosperar". A Fundação Pés Descalços construirá o colégio em parceria com a organização Arquitetura para a Humanidade, e várias ONGs ajudarão com livros, alimentação, água potável e serviços sanitários. Além dela, o músico dominicano Juan Luis Guerra informou nesta quinta que fará uma show beneficente para arrecadar fundos para a construção de um hospital infantil no Haiti. Guerra tocará com músicos do mundo inteiro entre os meses de abril e maio no Estádio Olímpico Félix Sánchez, na capital dominicana. "Recebemos doações importantes, que serão destinadas à construção de um hospital para atender meninos e meninas desta nação. Esses recursos serão somados à renda do show", explicou Melba Segura, presidente da Fundação Sur Futuro, que organizará a iniciativa. Shakira participará na sexta-feira em Nova York do evento beneficente organizado pelo canal MTV, que terá George Clooney como anfitrião em Los Angeles, o âncora da CNN Anderson Cooper no Haiti e o músico haitiano Wyclef Jean em Nova York. Entre as estrelas confirmadas para participar do evento, que recolherá fundos para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, estão os atores Brad Pitt, Tom Hanks, Matt Damon, Clint Eastwood, Leonardo DiCaprio, Morgan Freeman, Robert Pattinson, Samuel L. Jackson e Will Smith; as atrizes Halle Berry, Julia Roberts, Meryl Streep e Nicole Kidman; as cantoras Beyoncé, Madonna, Alicia Keys e Taylor Swift; os músicos Stevie Wonder e Justin Timberlake; o ex-presidente Bill Clinton e o ex-boxeador Muhammad Ali.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.