Mulher de 84 anos é retirada dos escombros viva 10 dias após tragédia

Médicos tentam manter idosa viva, mas estado de saúde dela é delicado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/01/2010 18:07 / atualizado em 22/01/2010 19:36

Uma haitiana de 84 anos foi resgatada viva dos escombros de sua casa em Porto Príncipe por amigos nesta sexta-feira, dez dias depois do terremoto que devastou a capital haitiana, informaram seu filho e os médicos que a atenderam. "Estou tentando descobrir o que posso fazer para ajudá-la a viver. Ela teve o peito esmagado e tem muitas larvas pelo corpo", disse Ernest Benjamin, que trabalha no Mount Sinai Hospital de Nova York. "Qualquer coisa vale a pena para tentar salvá-la", acrescentou. Marie Carida Roman, de 84 anos, foi internada no já lotado Hospital Geral de Porto Príncipe, com soro intravenoso e máscara de oxigênio. Pedidos de socorro "Quando a trouxeram ela não se movia. Agora, ela já consegue mexer a mandíbula. Estava completamente desidratada", explicou o médico Vladimir Laroche, do Hospital Coler-Goldwater Specialty, também de Nova York. O filho de Roman, um técnico de telefones de 58 anos que não quis se identificar, contou ter ouvido a mãe pedindo por socorro. "Eu a escutei chamando ontem (quinta-feira) entre 9 e 10 da manhã (hora local). Amigos do bairro ajudaram a retirá-la, apenas com nossas mãos", disse. "Conseguimos retirá-la esta manhã por volta das 7 horas (hora local)", acrescentou. Estima-se que pelo menos 75 mil pessoas tenham morrido no terremoto do dia 12 de janeiro.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.