Terremoto no Haiti: casos impressionantes de sobreviventes resgatados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/01/2010 15:35

PORTO PRÍNCIPE - Cerca de 135 pessoas foram resgatadas com vida dos escombros após o violento terremoto ocorrido no dia 12 de janeiro no Haiti que deixou cerca de 170 mil mortos, segundo dados preliminares da presidência do país.

Estes são os casos mais notáveis:

- 18 de janeiro: uma das proprietárias do Hotel Montana, a alemã Nadine Cardos-Rield, de 62 anos, foi localizada e resgatada após enviar um SMS. Estava desidratada, mas ilesa.

- 19 de janeiro: uma haitiana septuagenária, Anna Zizi, saiu dos escombros da catedral de Porto Príncipe graças aos bombeiros mexicanos. Os bombeiros deram água a ela através de um tubo.

- No mesmo dia em Porto Príncipe, Hoteline Losana, de 25 anos, saiu viva e em bom estado dos escombros de um supermercado. A posição em que ela se encontrava permitia que ela respirasse e fizesse alguns movimentos.

- 20 de janeiro: após passar sete dias "sem comer nem beber", uma bebê de 23 dias, Elisabeth, foi resgatada entre os escombros de uma casa em Jacmel, no sul do Haiti, por socorristas franceses alertados pela mãe da menina.

- No mesmo dia, uma menina de 11 anos, Mendji Bahina Sanon, foi retirada dos escombros de sua casa em Porto Príncipe pelos vizinhos. A menina chorava pela sua mãe e estava muito magra e desidratada.

- 22 de janeiro: dez dias depois do terremoto, uma mulher de 84 anos, Maria Carida Roman, foi resgatada por amigos das ruínas da sua casa.

- No mesmo dia, Emmanuel Buso, de 22 anos, foi retirado dos escombros de um prédio próximo ao Palácio Presidencial por socorristas israelenses e transportado para o hospital das Forças Insraelenses. Sobreviveu bebendo sua própria urina.

- 23 de janeiro: Wismond Exantus, de 25 anos, foi retirado dos escombros da loja "Napolitain", onze dias depois do terremoto, por socorristas franceses, norte-americanos e gregos. O jovem declarou que se salvou bebendo refrigerantes que estavam ao seu alcance.

- 26 de janeiro: um homem de 31 anos, foi retirado dos escombros por soldados norte-americanos no centro de Porto Príncipe. O sobrevivente, fraco e com feridas no rosto, foi soterrado após um tremor secundário. Passou doze dias entre os escombros.

- 27 de janeiro: Darlene Etienne, 16 anos, foi encontrada viva em Porto Príncipe, 15 dias depois do terremoto. Resgatada por vizinhos e socorristas franceses, a adolescente estava em estado de desidratação extrema.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.