Novo grupo de militares segue para o Haiti

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/02/2010 12:08

Rio - Um avião com 130 integrantes do segundo escalão do Batalhão do Exército Brasileiro seguiu hoje (15) para o Haiti com o objetivo de reforçar o contingente da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do país (Minustah).


No sábado (13), 130 homens do primeiro escalão já haviam embarcado. O comandante do batalhão, coronel Luciano Puchalski, explicou que até 1º de março todo o 2º Batalhão, com cerca de 800 homens, estará no Haiti e lá permanecerá durante aproximadamente seis meses, quando haverá a troca por outro grupo.

“Nós vamos reforçar nas ações de segurança e na ajuda humanitária, na organização da distribuição dos donativos que o mundo todo tem mandado para lá. Estamos indo aos poucos, pois dependemos da infraestrutura que está sendo montada para a tropa no acampamento, como eletricidade, água e as próprias barracas”.

Puchalski informou que já estão no Haiti cerca de 1.200 homens do Exército e da Marinha, realizando operações militares e humanitárias na capital Porto Príncipe, onde um terremoto de magnitude 7 matou mais de 200 mil pessoas há pouco mais de um mês.

No dia 17 de fevereiro, segundo o coronel, um navio da Marinha brasileira chega ao Haiti transportando veículos do Exército, carros de combate e mantimentos, entre outros produtos. “Outro navio grande deve estar saindo daqui do Porto do Rio entre 20 e 21 de março com mais carros de combate e materiais importantes para a missão no Haiti”.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.