Águas costeiras poluídas na China aumentaram 54% em um ano, diz relatório

A situação se degradou especialmente em regiões costeiras fortemente industrializadas, ou seja, o delta do Yangtsé, perto de Xangai

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/03/2013 11:20

Pequim - A superfície de águas costeiras poluídas na China passou de 24 mil km2 em 2012 a 68 mil km2, ou seja, um aumento de mais de 54%, segundo um relatório da Administração estatal de oceanos, que denuncia, além disso, a presença em massa de plásticos nessas zonas. Por outra parte, a superfície total de águas com uma qualidade que não é considerada boa alcançou 170.000 km2 no ano passado, contra 150.000 km2 em média para o período 2007-2011, segundo este documento oficial, cujas grandes linhas foram publicadas no site do governo.


A situação se degradou especialmente em regiões costeiras fortemente industrializadas, ou seja, o delta do Yangtsé, perto de Xangai, assim como mais ao norte, no golfo do Bohai e no sul, no delta do rio Perlas (triângulo Hong-Kong, Macau, Cantão). No ano passado, 17 milhões de toneladas de matérias poluentes foram vertidas ao oceano pelos 72 principais rios chineses, segundo a administração.

Entre os dejetos tóxicos jogados no litoral, existe 46 mil toneladas de metais pesados e 93 mil toneladas de petróleo, indica o China Daily, precisando que 80% dos resíduos achados nas zonas costeiras chinesas são plásticos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
DÁLIO
DÁLIO - 25de Março às 09:02
ESSA NOTÍCIA CORROBORA COM A TEORIA DE QUE OQUE FAZEMOS VOLTA'PARA NÓS !!! FAÇA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL NA UPIS. VISITE www.upis.br